Considerada por milhões de pessoas como uma das maiores revelações do ramo musical dos últimos anos, a cantora Anitta, de 24 anos, famosa por seus grandes sucessos, bem como pelas diversas polêmicas protagonizadas ao longo da carreira, desta vez, foi vítima de uma série de acusações e insultos. As críticas foram amplamente divulgadas no perfil oficial do Facebook de um conhecido vereador da cidade do Rio de Janeiro.

O autor e responsável pelas palavras grosseiras e de insulto contra a artista foi o vereador Otoni de Paula, filiado e eleito pelo Partido Social Cristão (PSC). Compartilhando, em seu Facebook, uma imagem em que a cantora aparece em uma pose sensual, o vereador utilizou a seguinte legenda: '”Primeiro gostaria de pedir perdão a todos de minha rede social por publicar essa imagem de tremendo mau gosto.

Mas eu realmente precisava fazer com vocês uma rápida reflexão. A que nossas crianças e adolescentes vêm sendo submetidas na mídia? Essa Anitta arrasta com ela multidões de crianças em seus shows pelo Brasil, ela vem sendo ridiculamente idolatrada pelos adolescentes de hoje, mas o que quero mostrar a vocês é que essa Anitta não tem nenhuma responsabilidade profissional e ética com essa meninada que ela infelizmente conquistou'', disse.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Anitta

Dando continuidade ao seu raciocínio, o político ainda chamou a cantora de vagabunda, afirmando que suas danças eróticas e ampla exibição de seu corpo em um palco mais parecem shows de prostitutas. A publicação do vereador carioca, que instantaneamente após ser compartilhada recebeu diversas curtidas e comentários, dividiu a opinião dos internautas e, enquanto muitos deles concordavam com as palavras de Otoni de Paula, outros discordavam e criticavam o vereador.

Declaração repercute na internet

Repercutindo e sendo compartilhada por diversos internautas em seus perfis do Facebook, a declaração dada pelo vereador foi editada minutos após a publicação ser postada, ganhando, no final, uma nota de esclarecimento. “Gostaria aqui de publicamente pedir perdão pelo TERMO utilizado logo abaixo, no final desse texto (já modificado por mim), que, mais cedo, fora publicado por meio de minha assessoria, quando afirmaram que a cantora Anitta se comportava da mesma maneira como ‘vagabunda de quinta categoria’.

Esse infeliz termo foi usado de forma inapropriada. Por este motivo, peço perdão. O conteúdo do texto permanece.”

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo