Considerada por uma legião de telespectadores como um dos nomes mais importantes e influentes da televisão brasileira, a apresentadora Eliana deu à luz sua segunda filha, neste último domingo (10). Enfrentando uma gravidez de alto risco, a principal apresentadora do SBT – que no terceiro mês de gestação sofreu uma intensa hemorragia – foi diagnosticada com um descolamento de placenta parcial e, devido a uma série de riscos aos quais a filha estava exposta, precisou se manter de repouso até o final da gestação.

Afastada de suas atividades profissionais e pessoais desde o mês de abril, quando foi submetida a uma delicada cirurgia de manutenção da bolsa gestatória em um renomado hospital de São Paulo, a apresentadora se manteve em repouso total na casa da mãe, dona Eva Michaelichen, que reside na capital paulista. Tendo completado nove meses de gestação durante esta última semana, Eliana não conseguia esconder a ansiedade pela chegada da filha, programada para vir ao mundo ainda no início deste mês de setembro, por meio de uma cesariana tida, pelos especialistas, como a forma mais indicada para o parto em casos de descolamento de placenta.

Muito próxima e querida pelo seu público, a loira, que conta com mais de 10 milhões de seguidores no Instagram, compartilhou, na tarde deste último sábado (9), uma fotografia de seu barrigão acompanhada da legenda: ''Nós já somos tão íntimas e ainda nem mesmo nos conhecemos. Que nosso encontro seja mágico e abençoado por Deus minha filha.''. A publicação foi acompanha das hashtags: 'Deus no comando', 'Maria passa na frente', 'Mãe de menina', 'Mãe de menino', 'Tudo por nossos filhos' e 'Fé'.

Chegada de Manuela

Fruto do relacionamento de mais de dois anos da apresentadora com o conceituado produtor artístico da Rede Globo, Adriano Ricco, a bebê, que desde que teve seu sexo revelado recebeu o nome de Manuela por parte de seu irmão de seis anos Arthur Bôscolli (filho de Eliana com o empresário musical João Marcelo Bôscolli), sempre foi considerada pelos pais e familiares como uma bênção e um presente enviado por Deus para o casal que sempre sonhou em ter um filho juntos.

Em 2016, Eliana sofreu um aborto espontâneo.

Tendo a notícia da chegada de Manuela sido anunciada em primeira mão na manhã desta segunda-feira (11) pela revista 'Quem', após a divulgação, a assessora pessoal de Eliana confirmou a informação publicamente e revelou: ''Mãe e filha estão bem, graças a Deus.''.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo