Há quem trate com educação e respeito os seus fãs, existem aqueles que se esforçam o máximo para atender e agradar a todos eles, e há atores da toda poderosa Rede Globo literalmente se achando ‘’a última Coca do deserto’’. Esse é o caso do galã Gabriel Braga Nunes, que atualmente dá vida ao antipático Thomas Jhonson, na novela “Novo Mundo”.

Aliás, a antipatia é característica tanto do personagem quanto do ator, que não faz a menor questão de demonstrar empatia com seus fãs, seguidores e jornalistas.

De acordo com o portal de notícias online TV Foco, Gabriel Braga Nunes é uma daquelas pessoas que são famosas e bem de vida graças à vida pública que tem, mas que não se importam a mínima com aqueles que o levaram a fama.

Gabriel

O ator nasceu no dia 7 de fevereiro de 1972, em São Paulo, filho da atriz Regina Braga e do diretor de TV Celso Nunes. Ganhou notoriedade no mundo das celebridades depois de trabalhar em algumas novelas na Rede Globo de Televisão.

Entre os trabalhos efetuados na emissora, as novelas certamente é que lhe deram mais visibilidade, entre elas podemos citar ‘’Uga Uga’’, ‘’Terra Nostra’’, ‘’O Quinto dos Infernos’’, ‘’Estrela Guia’’, ‘’O Beijo do Vampiro’’, ‘’Senhora do Destino’’, ‘’Insensato Coração’’, ‘’Saramandaia’’, ‘’Babilônia’’, ‘’Liberdade Liberdade’’ e agora está atuando no folhetim ‘’Novo Mundo’’, que termina ainda em setembro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Braga Nunes é casado com a assistente de direção Isabel Nascimento e, em junho de 2014, o casal teve uma filha. Entre os anos de 2005 e 2010, Gabriel trabalhou na Record.

Afabilidade

O ator nunca se preocupou em ser afável com seu público. Aliás, não é por ser uma pessoa pública que se tem o dever de atender a todos os fãs e sair por aí distribuindo sorrisos. O ser humano tem suas características pautadas em sua personalidade e com os Famosos não seria diferente.

Todos estão sujeitos a dias ruins, a uma rotina atribulada e principalmente têm direito a nossa privacidade.

Contudo, um pouquinho de carisma e gentileza não faz mal a ninguém, muito pelo contrário, até nos torna mais humanos e quiçá mortais. Em uma entrevista concedida por Gabriel Braga Nunes a revista RG nos idos de 2011 ele deixou bem claro o pensa a respeito da relação com seu público.

"Não tenho obrigação de ser simpático.

Me reservo o direito de estar de mau humor, de não estar nada sociável", afirmou. Ele arrematou dizendo que ator não é político que precisa ficar por aí, dando acenos e sorrisos.

Pelo jeito, de 2011 para cá, pouca coisa mudou. Gabriel Braga Nunes continua em destaque na lista dos globais mais antipáticos de todos os tempos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo