Diante de um momento conturbado em que a sociedade brasileira discute se a homossexualidade é uma doença, e mais ainda se ela é passível de tratamento ou não, a bola da vez é o ator da Rede Globo, Henri Castelli, que está sendo acusado de adotar comportamento homofóbico.

A polêmica teve início no evento do Rock in Rio, que, como o próprio nome já diz, foi realizado no último final de semana na “Cidade Maravilhosa” do Rio, onde um fã do galã global o acusou de manifestar um comportamento nitidamente contrário aos gays, o que acabou ferindo os sentimentos do admirador.

Foi o que bastou para que suposta vítima de homofobia por parte de Castelli fosse direto à rede social do Facebook, reproduzindo, segundo ele, a frase que teve que ouvir do ator da emissora platinada, a saber: “Não sou viado, será que você pode fazer pose de homem?”, falou supostamente o bonitão, quando foi solicitado para tirar uma foto com o rapaz.

Por outro lado, Henri não perdeu tempo e se utilizou de outra rede social, dessa vez do Instagram, para dizer em sua autodefesa que ele, enquanto pessoa formadora de opinião, é sim um fiel guardião do amor livre, e só lamenta que um sujeito irresponsavelmente do mal faça uma postagem mentirosa.

Henri Castelli, figurinha marcada das polêmicas

Não faz muito tempo que o mesmo Castelli se meteu em mais uma confusão ao publicar na internet uma foto em que está sobre uma moto com um peixe mero já morto, amarrado na garupa. Acontece que essa espécie animal está seriamente ameaçada de extinção em todo o mundo e especialmente no Brasil.

Logo depois do ocorrido, a assessoria de imprensa do artista, veio a público dizer que Henri foi abordado pelo pescador que lhe pediu para tirar uma foto, e era esse mesmo pescador o dono da moto e do mero morto.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
LGBT

O moço famoso frisou que não matou o peixe e ainda completou, afirmando que não sabia que aquela espécie específica se encontrava à beira da extinção.

A falha foi que ele publicou a imagem na web e, em função disso, Henri pediu desculpas a todos, até mesmo porque como ele se autoproclama, é um fiel defensor dos animais e da natureza como um todo.

Por sua vez, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) fez a única coisa que realmente lhe caberia fazer numa situação com essa, que foi emitir a informação de responsabilidade social de que o ator seria multado no valor de 5 mil reais, uma vez que pescou um animal que é objeto da defesa do Ministério do Meio Ambiente e cuja pesca está totalmente proibida até 2023.

Henri Castelli, mocinho ou vilão nas trapalhadas que parecem não querer largá-lo? Dê você também a sua opinião no espaço abaixo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo