A morte do apresentador da Rede Record de Televisão, Marcelo Rezende, comoveu a todos os seus familiares, amigos e uma infinidade de fãs espalhados por todo o Brasil. Os últimos momentos do apresentador em vida, revelaram toda a sua luta contra um dos mais temíveis tipos de câncer; o câncer que acomete o pâncreas. Entretanto, com a evolução da doença, o fígado do apresentador também acabou sendo atingido por essa terrível doença. Em aproximadamente quatro meses, Marcelo Rezende lutou com bravura contra o câncer, sendo ao final vencido.

Entretanto, sempre demonstrou muita fé e disposição em se salvar.

Marcelo Rezende faleceu neste último sábado, por volta das 17 horas e 45 minutos, no hospital que se encontrava internado, em São Paulo, aos sessenta e cinco anos de idade. O velório está sendo realizado neste domingo (17), desde às 10 horas da manhã, na Assembleia Legislativa do estado de São Paulo. Como última homenagem ao jornalista que comandou durante vários anos o programa "Cidade Alerta" da TV Record, familiares e amigos resolveram erguer uma taça de vinho e todos acabaram se abraçando ao final.

Revelação 'surpreendente'

Logo no início da sua luta contra o câncer no pâncreas, o apresentador Marcelo Rezende chegou a fazer uma revelação surpreendente, em se tratando da descoberta da doença que culminou em sua trágica morte.

Entretanto, familiares e amigos próximos tinham conhecimento de que o apresentador era um grande admirador de vinhos, há mais de trinta anos. Foi justamente essa bebida que o fez descobrir o câncer de pâncreas.

Em uma entrevista concedida há alguns meses, ao programa "Domingo Espetacular", momentos antes de se submeter a uma longa sessão de quimioterapia e começar uma rotina de tratamento contra a doença, Marcelo afirmou que descobriu o câncer, por ter percebido que algo estava realmente errado já que ele não sentia mais vontade de tomar vinhos e nem mesmo comer pão com queijo na padaria.

Para ele isso foi o mais intrigante, pois o vinho sempre foi uma bebida considerada predileta para o apresentador. E o fato de não sentir vontade de tomar a bebida, já denotava algo extremamente estranho. Além disso, Marcelo Rezende revelou que sentiu um forte cansaço.

Apesar de todos os problemas, Marcelo Rezende demonstrava um grande otimismo de que conseguiria vencer a batalha contra o câncer no pâncreas e mais tarde no fígado.

A confiança sempre foi uma das principais qualidades do jornalista. Ele até mesmo chegou a garantir que "não iria fazer cara de sofrimento e nem mesmo chorar", já que ele sempre se considerou uma homem de muita fé.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!