A atriz Márcia Cabrita, que foi responsável por interpretar a esposa do personagem José Bonifácio (Felipe Camargo) na novela "Novo Mundo", exibida na Rede Globo de Televisão, infelizmente não pôde continuar gravando as cenas da trama, pois sua luta contra o câncer no ovário, com o qual ela vem lutando há cerca de sete anos, foi ficando cada vez pior.

Havendo começado as gravações em junho deste ano, ela foi obrigada a se ausentar para cuidar da saúde no mês de agosto.

O jeito que o autor da novela encontrou para justificar sua saída foi inventando uma viagem a Santos para a sua personagem.

No entanto, o que o público não esperava uma vez que Márcia saísse de cena, é que ela voltaria para os últimos capítulos da novela. Isso porque a Globo achou que esse seria um bom jeito de homenageá-la e de incentivá-la a continuar na luta contra esse câncer que a vem acometendo.

A novela está prevista para terminar no dia 25 de setembro e Marcia participará com sua personagem em uma cena muito importante e histórica da novela, a coroação de Dom Pedro I (interpretado por Caio Castro) como príncipe regente. A cena tem tudo para ser bem emocionante para o público, principalmente devido a este fator, sendo a volta de Marcia uma forma muito bela de encerrar a trama de autoria de Thereza Falcão e Alexandre Marson.

Atriz abre o coração sobre luta contra o câncer

A atriz, em uma entrevista concedida ao programa Superbonita, em outubro de 2016, disse "estar na categoria milagre" e contou como se sentiu quando descobriu que tinha a doença. Na época, sua filha tinha apenas nove anos, o que fez com que a atriz se revoltasse muito com a sua condição. Ao contar para sua pequena acerca da doença, ela disse que "ficou gelada" e que, em uma determinada época de seu tratamento, sua filha perguntou para ela se "criança podia usar lenço", o que a ajudou a compreender que a filha estava "do seu lado" naquela luta.

Além disso, a atriz também desabafou sobre certos comentários que ouviu durante parte do seu tratamento e que a deixaram muito triste, dizendo: "Não é porque teve câncer que a pessoa é má. Esse estigma da doença acaba por culpar o doente. Além de doente, ele se sente culpado porque comeu isso, fez isso, disse aquilo, não dá. Falavam que eu tinha que ser positiva, mas eu só sonhava coisa ruim, pensava em desastre".

Quando a atriz descobriu que tinha a doença, ela criou o blog "Força na Peruca", no qual postava informações sobre sua luta para seus fãs, amigos e familiares.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo