A cada ano que passa, a Netflix se coloca mais entre as marcas mais lembradas e queridas do mercado. O próximo passo para ficar de vez entre as grandes marcas pode, literalmente, custar caro. Em declarações, o Diretor de Finanças do serviço de streaming, David Wells, garantiu que a empresa pode bancar uma produção que custe 20 milhões de dólares por episódio. Até agora, a produção mais cara do canal online é The Crown, com um custo estimado em 10 milhões de dólares por episódio.

Publicidade
Publicidade

"Certamente nós podemos ter esse tipo de qualidade se a audiência estiver lá", afirmou Wells. O executivo fez questão de lembrar que a Netflix possui uma audiência global. No total, o serviço de streaming possui 104 milhões de assinantes ao redor do globo. Mesmo tratando o assunto de forma hipotética, o diretor garante que as grandes produções são o melhor caminho para atrair potenciais consumidores.

Publicidade

No ano passado, a empresa gastou seis bilhões de dólares entre produções de originais e a compra de direitos de outras empresas. Para esse ano, o gasto deve aumentar para sete bilhões. De acordo com Wells, a Netflix aumentará o investimento em produções originais, sem se preocupar se isso pode saturar a plataforma.

Quem sabe a produção de "20 milhões por hora" possa ser da mais nova contratada do serviço, a roteirista Shonda Rhimes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Seriados

Sem entrar em polêmica, Wells garantiu que a contratação da escritora, que era da Disney, não tem relação com o fato de que a empresa do Mickey Mouse está lançando seu próprio serviço de streaming. "Negócios são negócios", declarou o diretor.

Nem sempre maior gasto é qualidade na Netflix

O plano da poderosa empresa de streaming pode passar uma grande produção. Mas, números recentes e, inclusive, ações da Netflix, mostram que o investimento pode acabar em algum prejuízo.

Das dez produções mais caras do canal online, três já foram canceladas por baixa audiência.

The Get Down, com custo de 120 milhões de dólares por uma temporada, Sense 8, com orçamento de 216 milhões de dólares para dois anos, e Marco Polo, com custo de 180 milhões de dólares também para duas temporadas, ficaram em posições baixas em ranking de audiência divulgado pela empresa. Até por isso, as três super produções acabaram canceladas.

Publicidade

Calcula-se que apenas Marco Polo tenha dado mais de 200 milhões de dólares em prejuízos para o serviço de streaming.

Em contrapartida, gastar às vezes compensa. As outras séries mais caras do canal são sucesso de audiência, apesar de terem custos menores que as já canceladas (com exceção de The Crown). House of Cards (60 milhões de dólares por temporada), Orange is The New Black (50 milhões por temporada) e os Seriados da Marvel (40 milhões de dólares por ano de cada série) são, atualmente, os carros-chefe da Netflix.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo