Quase um ano depois do divórcio que chocou o mundo, Brad Pitt resolveu abrir o jogo e falar sobre o principal motivo que levou ao fim do casamento com a atriz Angelina Jolie. Ambos iniciaram o relacionamento em 2004 e oficializaram a união em 2014, mas o romance mais elogiado dos Famosos chegou ao fim em setembro de 2016, quando anunciaram a separação.

Na época, a separação do casal se tornou o assunto mais falado no mundo inteiro e fãs sofreram o rompimento junto com Bangelina, como o casal era conhecido nas redes sociais.

Sem muitas explicações, Angelina Jolie disse apenas que algumas "diferenças irreconciliáveis" esgotaram o relacionamento e o levaram para o fim.

Juntos, Pitt e Jolie tiveram três filhos adotivos e três biológicos. Jornais e revistas chegaram a dizer que antes de o comunicado oficial vir à tona, Brad teria batido em seu filho mais velho durante uma viagem, em um jatinho particular. Mas, nenhuma das afirmações foram confirmadas e, após o caso ser levado ao tribunal, o ator foi inocentado da acusação de abuso infantil.

Desde então, o casal de atores quis manter a vida longe das câmeras. Foram poucas as vezes que eles vieram a público comentar sobre o divórcio.

Em entrevista à revista GQ Style, Brad Pitt decidiu contar sua versão sobre o fim do casamento. Em nenhum momento o ator quis se isentar da culpa pelo fim do relacionamento, mas aproveitou o espaço para explicar de forma objetiva como e quais foram as causas da separação.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Sua revelação surpreendeu a todos que acompanhavam a linda história que o casal de atores construiu ao longo do relacionamento. O que de fato levou Angelina a se separar de Brad foi um problema que, infelizmente, diversas famílias pelo mundo sofrem.

Não é fácil imaginar que um ator bonito, talentoso e bem sucedido em sua profissão como Pitt teve problemas tão sérios na juventude. À publicação, o ator revelou que, durante a faculdade, vivia drogado.

O consumo exagerado do álcool e da maconha marcou uma época na vida do ator, que usava os momentos de bebedeira para esquecer os problemas da vida.

Ele contou que, após essa fase, passou a fazer consumo apenas do álcool, mas que sempre foi difícil conciliar o vício com a vida em família. De acordo com o ator, após ele abrir mão do consumo da maconha, o álcool ganhou destaque em sua vida e, sem conseguir controlar, bebia muito.

Para Brad Pitt, o vício em álcool é um dos principais motivos do divórcio. Ele acredita que após o rompimento da relação, ganhou uma nova oportunidade de ser um bom exemplo para seus filhos.

Brad passou a fazer tratamento com psicólogos e vem progredindo muito após o divórcio. Em entrevista, ele revelou que está há seis meses longe do álcool. O objetivo de toda mudança está no desejo de poder passar os dias com seus filhos, já que Angelina ficou com a guarda das crianças após a briga nos tribunais norte-americanos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo