Durante mais uma de suas costumeiras polêmicas regadas a xingamentos totalmente desnecessários, o apresentador do programa “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes, Neto, atacou jornalistas da ESPN Brasil na semana passada. O que ele não contava é que um deles responderia de uma maneira que o deixou completamente desnorteado.

A briga começou quando Neto não gostou de um comentário feito pelo jornalista Arnaldo Ribeiro, da ESPN Brasil, e decidiu atacá-lo, afirmando que não autorizou o profissional a falar seu nome e que e ele (Neto) era ídolo do Corinthians e os jornalistas do Linha de Passe não.

Na sequência, Neto decidiu atacar o jornalista Eduardo Tironi (colega de programa de Ribeiro), que nada tinha dito sobre ele, chamando o profissional de “cabelo de saco”.

Talvez a intenção do apresentador tivesse sido destilar sua raiva, ser engraçado, polêmico ou fazer a audiência subir, mas o fato é que a maioria absoluta das pessoas (profissionais ou não) reprovou sua atitude.

A lição que Neto jamais esperava

Após mais um comentário infeliz, Neto talvez esperasse um ataque virulento de Tironi ou, então, que o mesmo o ignorasse, dando a impressão de que ficou com medo do apresentador. O que seria ótimo para ele, pois, assim, poderia fazer mais ataques e criar mais polêmicas. Mas o que Neto não esperava é que o profissional que ele atacou respondesse através de um texto, recheado de elogios e demonstrando ser, além de um jornalista de verdade, um homem de boas energias.

Tironi, que também escreve para o jornal Lance!, publicou um texto onde afirma que, como qualquer pessoa, Neto tem os seus dias bons e ruins, mas que é um ser humano com suas convicções, fortalezas e coração. Ao invés de revidar o ataque com outro ataque grosseiro, o jornalista preferiu contar uma história dos tempos em que Neto era dirigente do Guarani e mesmo bem gordo, correu desesperado no meio de uma grande tempestade para salvar uma pessoa que estava dentro de um carro e que serie levada pela enxurrada.

“Um ato heroico”.

Tironi ainda foi muito generoso ao afirmar que Neto é um grande comunicador, carismático, engraçado e corajoso.

Neto pede desculpas

No programa desta segunda-feira (2), Neto pediu desculpas pela ofensa totalmente desnecessária e disse que Eduardo Tironi tinha escrito um texto muito bonito sobre ele e que era um cara boa gente.

Foi um nocaute Sem usar um adjetivo pejorativo, Tironi nocauteou Neto como uma arma chamada respeito.

Siga a página Corinthians
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!