Há cinco meses, Marcelo Rezende, jornalista renomado, foi a público dividir sua dor e medos no programa na RecordTVDomingo Espetacular”, e confessou humildemente que estava enfrentando uma dura batalha contra um tipo raro de câncer no pâncreas.

Ele teve coragem e firmeza ao informar no mesmo dia, ainda no programa, que o oncologista disse que o tipo de câncer que ele enfrentaria só teria 1% de chance de cura, se seu organismo respondesse bem à quimioterapia convencional. Segundo ele o quadro de sua saúde era gravíssimo.

Marcelo Rezende começou a fazer algumas sessões de quimioterapia como foi divulgado em vários veículos de comunicação, porém, depois de analisar vários fatores, resolveu parar com os tratamentos usados no caso dele.

Sem quimioterapia

O apresentador queria tentar os tratamentos alternativos, como a dieta cetogênica e se apegar à fé espiritual, onde sentia-se mais tranquilo e seguro na ocasião.

Não foi muito divulgado o fato que os quimioterápicos têm ação citotóxica, ou seja, o tratamento com quimioterapia, também mata as células “boas” do paciente em tratamento.

A medicação não difere células saudáveis de células cancerígenas.

Exemplo de um quimioterápico é a cisplatina que é utilizada na tentativa de curar a neoplasia maligna do pâncreas e outros tipos de câncer. Uma medicação altamente tóxica ao corpo humano em geral que provoca muitos efeitos colaterais que debilitam todo o mecanismo.

Por isso, todo paciente, ao iniciar o uso desse tipo de medição, tem que assinar um termo de consentimento, tendo ciência de que podem correr sérios riscos pelo uso do quimioterápico, isentando o médico de qualquer responsabilidade, caso o paciente não venha alcançar o objetivo desejado.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Televisão

Se deparar com a possibilidade eminente de morte, devido a essa grave doença que é o câncer acaba tirando o “chão” de toda a família.

No caso do apresentador Marcelo Rezende, que deixou uma grande lacuna no jornalismo com sua partida repentina, ele escolheu mudar seu tratamento para outro menos doloroso, e foi julgado pela maioria da mídia, que não explicou para os seus fãs em primeiro momento a realidade da escolha sóbria feita pelo jornalista na ocasião.

Nas redes sociais, os comentários atualmente giram em torno da herança deixada pelo apresentador.

Rumores apontam um valor milionário, totalizando os bens de Marcelo Rezende no valor de R$ 12 milhões.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo