Meadow Walker, a filha de Paul Walker, ator de ‘’Velozes e Furiosos’’, chegou finalmente a uma resolução com a Porsche, após a trágica morte de seu pai. Paul Walker morreu em novembro de 2013 e só agora ficou provado que existiu culpa da Porsche no acidente fatal, porque eles sabiam que aquele modelo de carro apresentava problemas de segurança.

Meadow chegou finalmente a acordo, mas se desconhecem detalhes, uma vez que é tudo confidencial.

Meadow processou Porsche

A jovem de 18 anos havia processado a Porsche em 2015, alegando que seu pai ator ficou preso por um cinto de segurança, que falhou, e foi queimado vivo enquanto estava no banco do passageiro de um Porsche Carrera GT 2005. O processo também alegou que a Porsche sabia que o Carrera GT tinha uma história de "problemas de instabilidade e controle".

A filha de Paul não foi a única que foi para tribunal contra a Porsche.

Também Paul William Walker III, o pai do ator, processou a famosa marca de carros, pelo mesmo motivo que Meadow, alegando que o carro havia falhado com seu filho e que isso teria sido determinante em sua morte.

Condutor foi culpado

Meadow já havia recebido anteriormente mais de US$ 10 milhões (R$ 32,2 milhões) da parte de Roger Rodas, em 2016. O homem de 38 anos era o condutor no momento do trágico acidente, que provocou a morte do reconhecido ator.

Ele estava atrás do volante do Carrera GT e também morreu no acidente. Meadow recebeu essa indenização milionária da parte de Rodas porque ficou provado que sua condução imprudente e demasiada veloz foi uma das causas do brutal acidente.

Provados problemas de segurança do carro

Outra questão diferente tem que ver com os referidos problemas do carro, que não teria segurança suficiente. Os exames pós-morte de Paul Walker haviam provado que ele não morreu no impacto, mas, sim, pelas chamas.

Depois do violento choque, o carro se incendiou e, supostamente, o cinto não funcionou, e Paul acabou sendo queimado vivo. A Porsche teria aceitado, agora, sua culpa e, por essa razão, chegou a um acordo com Meadow. No entanto, se desconhecem os valores da indenização.

Paul morreu com 40 anos em um acidente em alta velocidade durante o fim de semana de Ação de Graças, em novembro de 2013, depois de ele participar de seu evento de caridade para as vítimas de um tufão.

O carro estava indo entre 130 e 150 km/h, em uma zona em que não poderia fazê-lo a mais de 70 km/h. Foi aí que o carro saiu da estrada, batendo em um poste de concreto e duas árvores, ficando envolto em chamas, pouco depois do impacto. No carro, seguiam Roger Rodas e seu amigo Paul - morreram os dois.

Estrela de Velozes e Furiosos

A estrela do cinema estava filmando ‘’Velozes e Furiosos 7’’, no momento de sua morte, e seus irmãos Caleb e Cody serviram de dublês para terminar suas cenas.

Meadow é a filha de Paul com sua ex-namorada Rebecca Soteros. Ela se tornou muito popular nas redes sociais e tem mais de um milhão de seguidores no Instagram, onde faz várias homenagens emocionantes a seu pai.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo