No mundo dos Famosos é bastante comum atores homossexuais ocultarem sua orientação sexual por motivos ligados a contratos. Tanto na indústria internacional de cinema quanto também em âmbitos artísticos restritos ao público de determinados países, o tema da homossexualidade ainda causa bastante controvérsia e não são poucos os casos de escândalo que alimentam a indústria de celebridades.

Um desses casos veio à luz após anos de rumores na indústria que se alimenta desse tipo de informação.

Recentemente, ao defender-se de uma acusação grave de pedofilia, o ator Kevin Spacey por fim declarou "ter escolhido viver como um homem gay" e que deseja lidar com a decisão que tomou de uma maneira "honesta e aberta".

Escândalo de abuso sexual

O ator, que não havia declarado sua orientação sexual anteriormente, declarou ser muito "ciumento" com a sua intimidade. Spacey foi acusado publicamente pelo também ator Anthony Rap, que garante ter sido abusado no ano de 1986, quando tinha apenas 14 anos e Spacey, 26.

Spacey (foto abaixo), no entanto, afirma não se recordar de ter agido de qualquer forma abusiva com Rap, mas pediu "desculpas sinceras" ao jovem.

O ator se declarou publicamente no Twitter. Seu post, em apenas três horas de publicado, alcançou a marca de 4 mil comentários, 11,5 mil retuítadas e 12,5 mil likes. Spacey, vencedor de dois Oscar, explicou que seu círculo mais íntimo já estava inteirado de suas predileções sexuais e que ao longo do tempo manteve relações tanto com homens quanto com mulheres.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

No entanto, após uma vida de preferências por ambos os gêneros, por fim, o ator decidiu-se viver uma vida como homem gay.

Na declaração pública, que começa declarando "respeito e admiração" por Rapp "como ator", Kevin Spacey declara estar "horrorizado" com a acusação feita pelo homem, sobretudo porque o fato já conta mais de 30 anos.

Confira um trecho do que disse o ator: "Sinceramente eu não me lembro deste encontro, que teria acontecido há mais de 30 anos.

Mas se eu me comportei conforme ele descreve, eu devo pedir minhas mais sinceras desculpas pelo que teria sido um comportamento alcóolico completamente inapropriado."

A notícia do abuso caiu como uma bomba na web

Rapp divulgou a história no site Buzfeed algumas horas antes do comunicado de Spacey. O abuso sexual supostamente ocorreu em uma festa no apartamento de Spacey em Nova Iorque (EUA) para comemorar a vendagem completa dos bilhetes de uma peça de teatro em que ambos participaram.

Rapp teria ido sozinho ao apartamento do ator e relata ser o único adolescente, quando então se entediou e decidiu entrar em um quarto da casa para ver televisão. Já passava da meia noite quando se deu conta que era o único convidado que seguia ali, momento no qual Spacey entrou no quarto, se aproximou e se esfregou com a intenção de manter relações físicas. Na época, Spacey tinha 26 anos e Rapp declarou ter a impressão que o ator estava bêbado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo