A enteada do irmão de Nicki Minaj deu um relato horrível sobre como foi estuprada pelo homem durante meses de abusos. A menina, agora com 13 anos, tem sua identidade protegida, mas testemunhou todos os horrores sofridos durante a audiência de segunda-feira, dia 30 de outubro. Jelani Maraj, o irmão da rapper Nicki Minaj, está sendo acusado de ter cometido diversos abusos contra a menina, quando foi casado com a mãe dela, em 2015.

A menina contou como ele a estuprou e ameaçou de tirar da mãe se ela contasse para alguém sobre o que acontecia quando estavam a sós, em um relato que está chocando a todos. Todas as provas estão apontando contra Jelani Maraj, uma vez que foi encontrado seu DNA na roupa íntima da menina, que também tinha vários ferimentos consistentes com os abusos sofridos. O irmão da menina teria flagrado um dos ataques.

O casamento entre Maraj e Jacqueline Robinson chegou ao fim poucos meses depois, quando a mãe descobriu o que estava acontecendo. Eles haviam se casado em 2015, uma cerimônia paga por Nicki Minaj. Também a lua de mel do recém-casal foi financiada pela cantora e foi depois do regresso abusos contra a criança começaram.

A menina foi chamada para depor, no tribunal do condado de Nassau. Ela disse que sofria pelo irmão mais novo, na altura com oito anos, que entrou no quarto durante um ataque de Jelani Maraj.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Ela revelou que "estava deitada na cama e as calças dela estavam puxadas para baixo", quando seu irmão pegou Maraj durante um ataque.

Ela disse que pediu a seu irmão para não falar sobre isso porque estava com medo de que ficassem sem a mãe. "Nós tínhamos relações em seu quarto, no meu quarto, no porão", disse a menina, entre vários detalhes chocantes sobre os estupros. Ela explicou ao tribunal que Maraj tentaria fazê-la pensar que os supostos ataques eram culpa dela porque ela estava lhe enviando sinais.

"Ele mencionou que eu estava me esfregando sobre ele e que eu queria que isso acontecesse", disse ela.

David Schwartz, advogado de Maraj, alegou que a mãe da menina instruiu seus filhos a mentir para extorquir 25 milhões de dólares a Nicki Minaj. Ele enfrenta quatro acusações, incluindo uma contagem de crime de abuso predatório contra uma criança e pode pegar uma sentença mínima de 10 a 20 anos se for considerado culpado.

O caso do irmão de Nicki Minaj é muito grave e todas as provas apontam contra ele. Nicki sempre foi muito próxima de seu irmão, mas ela ainda não se pronunciou sobre esse caso, apesar de alguns fãs a culparem por ela estar pagando a defesa dele no tribunal. Ele está preso preventivamente, aguardando pelo julgamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo