A apresentadora Angélica está desesperada desde que rumores sobre o marido vieram à tona. Os mais diversos veículos de comunicação do país noticiam que Luciano Huck teria sim a intenção de ser candidato à presidência da República. No início do ano, em carta aberta, o apresentador do 'Caldeirão' chegou a negar essa vontade, mas reuniões com líderes de diversas legendas políticas mostraram exatamente outra coisa. Aparentemente, o pai de Eva, Joaquim e Benício quer mesmo um lugar ao sol. Basta saber que lugar é esse.

Angélica é a primeira a ser contra candidatura de Huck em 2018

De acordo com a coluna do Fraga, do portal de notícias R7, em matéria publicada nesta sexta-feira (17), Angélica é uma das principais adversárias do marido quando o assunto é política.

Publicidade

Ela promete encontrar ainda mais problemas para o apresentador do que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado federal Jair Bolsonaro, que aparecem hoje como os principais adversários de Luciano na disputa política. Angélica não está nada feliz com a obsessão do marido pelo poder.

Angélica não quer ser primeira-dama

A comunicadora que já viu o anúncio do canal em acabar com o 'Estrelas' já deu entrevistas dizendo que não vê qualquer fascínio em ser a primeira-dama do país, função hoje exercida por Marcela Temer, que causa polêmica por ser bem mais nova que o marido.

Angélica é muito bem paga e, certamente, não precisa de cargo político para viver. Muito menos Huck, que é um dos rostos mais usados pelas propagandas. Ganhando ou perdendo, uma candidatura de Luciano poderia fazer com que ele sumisse do mapa e perdesse muita grana.

De acordo com o portal R7, todos os meses o casal de apresentadores leva para casa, em média, um milhão de reais, entre salário e propaganda, a maior preocupação de Angélica, no entanto, não é a perda desses rendimentos. Ela está aflita e com medo de que sua vida seja devassada.

Publicidade

Os dois são muito Famosos e, certamente, ao longo da carreira, já cometeram os seus erros. Tudo isso vai ser usado em campanhas eleitorais e é bem provável que todos os candidatos se mostrem contra Huck, já que temem sua imagem polêmica.

Com discursos extremistas de Bolsonaro e Lula, Luciano Huck pode ter chance de ganhar um ou outro voto. Ganhando, ele terá uma das biografias mais espetaculares do país. Perdendo, pode sumir do mapa, nunca mais voltando à Rede Globo, que já ameaçou demitir o apresentador caso ele se candidate.