Publicidade
Publicidade

O ator Bruno Gagliasso, pai da menina Titi, de apenas 4 anos, que foi vítima de um ataque racista através de um vídeo publicado na internet pela socialite Day McCarthy, informou nesta segunda-feira, dia 27, que tomou as providências necessárias contra Day e que ela não ficará impune. Bruno ainda ressaltou que, segundo foi orientado pela delegada que acompanha o caso, a socialite cometeu um crime e vai responder por ele mesmo que não esteja no Brasil. O ator afirmou enfaticamente: 'Ela vai pagar por isso'.

Publicidade

Bruno compareceu na Cidade da Polícia, que fica localizada na Zona Norte do Rio de Janeiro, e prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Juntamente com a queixa, o ator apresentou como prova, as gravações captadas da internet.

Bruno quer que se sua atitude sirva de exemplo para outras pessoas que se sintam ofendidas e para que não tenham medo de prestar queixa, pois tais atitudes acontecem todos os dias e se cada um que se sinta ofendido fizer a sua parte, todos podem fazer diferença no mundo.

A autora do crime será intimada

A autora do crime, Day McCarthy, que se intitula escritora e reside atualmente no Canadá, publicou um vídeo nas redes sociais fazendo comentários ofensivos sobre a filha de Bruno e Giovanna, que tem apenas 4 anos. Day, que já é autora de outros crimes semelhantes, irá responder por injúria, injúria racial e difamação e está sujeita a uma pena de 1 a 3 anos.

A delegada Daniela Terra, que está à frente do caso, informou que um inquérito foi aberto e que a socialite será intimada, e que apesar da acusada não residir no Brasil, será aplicada a legislação penal brasileira ao caso e que o processo deve seguir com a ajuda do Ministério da Justiça.

Publicidade

O advogado cível de Bruno, Alexandre Celano, informou que tomará medidas judiciais para retirar do ar os vídeos do Facebook, Instagram e Youtube, bem como retirar do ar qualquer outro tipo de publicação ofensiva. A advogada criminalista Isabel Celano informou que serão tomadas medidas para inibir práticas criminosas em relação a injúria.

O casal de atores informou que além das providências que estão sendo tomadas aqui no Brasil pela polícia, também pretendem acionar Day McCarthy no país onde ela reside.

Sobre a pequena Titi

A pequena Titi, de 4 anos, foi adotada pelo ator e pela esposa, a atriz Giovanna Ewbank, após uma viagem ao Malaui. Muito querida pelos fãs do casal, a pequena conquistou a todos com seu carisma e fofura.

Bruno acredita que um dia Titi vai saber se defender sozinha quando tiver idade para compreender tais atos, pois ele sabe que esta não foi a primeira vez que a filha sofreu ataques racistas e que não será a última.

O ator agradeceu todo o carinho recebido pelos fãs nas redes sociais e também o apoio de Deus, familiares e amigos.

Publicidade