O mundo gospel é realmente cheio de surpresas. Alguns cantores de renome acabam se envolvendo em verdadeiras polêmicas. Foi o caso do cantor e pastor Kleber Lucas. Ele decidiu sair do ambiente de sua igreja e foi até o centro de Candomblé Kwe Cejá Gbé de Nação Djeje Mahin, que fica em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Alguns vídeos do pastor participando de uma celebração no centro acabaram ganhando as redes sociais, de modo que não precisou de muito tempo para que centenas de internautas fizessem com que o vídeo fosse um dos mais comentados no meio evangélico.

Publicidade
Publicidade

O pastor esteve no centro nesta última quinta-feira (22) e não esperava que fosse causar tanta polêmica, pois foi apenas para participar de um culto ecumênico.

Junto ao pastor estavam outros cantores da religião afro. Kleber Lucas cantou algumas canções. O evento era para comemorar a entrega dos R$ 11 mil arrecadados pela Igreja Cristã de Ipanema, que foram destinados à reforma do terreiro, após ser vítima de inúmeros ataques de vandalismo e intolerância religiosa.

Publicidade

Pastor Kleber Lucas causa polêmica ao participar de culto afro no Rio de janeiro

O projeto de arrecadação para ajudar o terreiro veio através da pastora Lusmarina Campos, que preside o Conselho de Igrejas Cristãs do Estado do Rio de Janeiro (CONIC-Rio). Ela disse que tal atitude seria para ajudar no combate à intolerância religiosa presente no país.

O pastor Kleber Lucas não se pronunciou sobre sua participação no evento, que só foi descoberta após os vídeos serem divulgados nas redes sociais.

Junto ao pastor, outros membros da igreja também estiveram presentes. Por mais que a intenção fosse de auxiliar ao próximo, muitos internautas, crentes mais conservadores, não ficaram em acordo com o pastor, pois, segundo eles, a luz, que seriam os evangélicos, não se mistura com as trevas, no caso, os membros do terreiro de candomblé.

Uma internautas comentou que Deus também não estava em acordo com a atitude do pastor, pois, por ser soberano, não aceita dividir a sua glória com ninguém.

Alguns chegaram a comentar que a atitude do pastor até seria bonita, por mostrar amor ao próximo, porém, compactuar com tudo o que estava sendo feito já era algo fora dos limites cristãos. Segundo eles, Jesus Cristo amou a todos, porém, condenou essa prática de festejos a outros deuses.

Diante disso, qual a sua opinião sobre o assunto? Assista ao vídeo e deixe seu comentário abaixo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo