A ricaça Day McCarthy definitivamente é uma das pessoas que mais causa na internet. Seus comentários são diretos e, por muitas vezes, preconceituosos. A socialite costuma realizar vídeos falando abertamente sobre as celebridades. Neste fim de semana, a socialite que mora supostamente no Canadá, chamou a filha do atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, Titi, de "macaca". Como era de se esperar, o comentário causou grande revolta entre o público e Famosos.

Depois do ocorrido com a socialite, o jornalista Leo Dias decidiu revelar alguns podres sobre ela em sua coluna. É o que informa o site TV Foco em publicação desta segunda-feira (27).

Publicidade

Jornalista afirma que Day McCarthy se prostituía

Leo Dias informou que a famosa, que atualmente se declara como escritora que trabalha com o objetivo de "inspirar felicidade nas pessoas" na verdade era prostituta aqui no Brasil. Segundo o mesmo, a socialite trabalhava no bairro de Copacabana no Rio de Janeiro e teria ido para os Estados Unidos com esse mesmo intuito.

Além do mais, de acordo com o jornalista, a família da Dayane Alcantara Couto De Andrade (nome completo da Day) sente muito desgosto dela por causa dessa situação e do fato dela não ter ajudado em nenhum momento (emocionalmente e financeiramente) um sobrinho que teve câncer.

Quem é Day McCarthy?

Depois de ganhar atenção da grande mídia e público brasileiro por causa dos comentários polêmicos sobre a filha de bruno gagliasso e também do apresentador Roberto Justus e de falar que a cantora Anitta usa cocaína, muitos se perguntaram quem seria Day McCarthy.

Dayane Alcantara Couto De Andrade, vulgo Day McCarthy, é uma brasileira que se diz ser escritora e que atualmente mora no Canadá.

Segundo informações do site IG, a brasileira, apesar de ser discreta sobre a sua origem humilde, não cansa de ostentar a vida de luxo que vive atualmente.

Publicidade

Em seu site oficial, ela se diz ser graduada em duas universidades - Belas Artes na New York Filme e Administração na Universidade George Washington - além de ter frequentado a universidade de Harvard (sem mencionar o curso).

A socialite também afirma que tem negócios na Europa e nos Estados Unidos, no entanto, segundo a publicação, a mesma só faz referência a um Instagram em que se mostra usando roupas de artistas internacionais.

Além disso, a mesma afirma que já publicou quatro livros e que apoia, publicamente, Bolsonaro para presidência do país.

Nos Estados Unidos, a mesma apoiou a candidatura de Donald Trump.