A redação do “Jornal Nacional”, responsável pelo telejornal mais assistido da televisão brasileira, viveu recentemente momentos de pânico, depois de terem presenciado um crime na frente dos seus olhos. Tal como informa o site do portal “UOL”, há poucos dias, uma das muitas funcionárias da Globo reparou que a sua carteira tinha sido roubada do seu local de trabalho. Bastante assustados, os jornalistas contaram com a ajuda da segurança presente para conseguirem encontrar o responsável por esse crime.

Felizmente, através das câmaras de segurança, foi possível flagrar o ladrão, que se tratava de uma pessoa com uma deficiência em uma das pernas, que teria conseguido entrar na redação da Globo através da garagem, ficando lá dentro cerca de quatro horas, até ter conseguido fazer o crime.

Jornalismo da Globo em crise

De fato, a situação no jornalismo da Globo, principalmente nesses últimos meses, tem se complicado cada vez mais.

Tal como também aconteceu com o SBT, o corte das receitas com as propagandas fizeram com que algumas das principais emissoras nacionais sentissem a necessidade de demitir uma grande parte dos seus profissionais na área do jornalismo. Contudo, como ainda é o telejornal mais assistido do país, esses cortes não se verificaram tanto na redação do “Jornal Nacional”, que já há alguns anos é chefiada pelo experiente âncora William Bonner.

Roubo dentro da redação

Porém, se o trabalho dos jornalistas do “JN” é apreciado por muitos telespectadores brasileiros, muito recentemente eles não tiveram grandes condições para trabalhar de uma forma tranquila, dentro do seu próprio local de trabalho. Como garante o site do portal “UOL”, aparentemente com uma grande simplicidade e tranquilidade, uma pessoa deficiente conseguiu permanecer na redação por um longo período de tempo, fazendo com que a segurança da Globo fosse colocada em dúvida.

O famoso colunista Leo Dias garante que, apesar de não se saber ao certo a identidade do criminoso, a verdade é que já se sabe que se trata de um idoso.

Falta de segurança grave?

Nas redes sociais, vários internautas, sobretudo os telespectadores que gostam de assistir ao telejornal comandado pelo ex-marido de Fátima Bernardes, demonstraram alguma preocupação pela situação insólita, ficando ainda assim felizes por ninguém se ter magoado e torcendo para que a emissora aprenda com os erros e possa reforçar a segurança do local de trabalho dos seus profissionais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo