A socialite Day McCarthy tem ficado muito conhecida na mídia por ter atitudes preconceituosas e sem nenhum pudor contra famosos. Depois de ter falado mal da filha do apresentador e empresário Roberto Justus, Rafa Justus, comparando-a com o boneco assassino Chucky e chamando-a de feia, os pais da garota acionaram a Justiça, que chegou a bloquear a conta nas redes sociais de McCarthy.

Não satisfeita com a fama de racista e preconceituosa, a moça também usou de palavras ofensivas contra a filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank em um vídeo.

Publicidade
Publicidade

Nas imagens, a socialite não parece ter nenhum receio em suas palavras ao chamar titi de ‘’macaca horrível’’, por causa de sua cor. Além disso, ela despejou inúmeros xingamentos contra a menina ao dizer que ela teria "cabelo de palha" e "nariz de preto". O caso aconteceu no sábado (25) e chamou a atenção da internet.

Os internautas não perderam tempo e começam a compartilhar o vídeo em todas as redes sociais, causando uma enorme polêmica em torno da socialite, que não parece se importar com as reprovações.

O resultado da ação da mãe de Titi pode ter consequências para Day
O resultado da ação da mãe de Titi pode ter consequências para Day

Ela chegou a criticar os internautas que fizeram elogios a Titi e disparou dizendo que eles só a elogiavam porque era adotada por famosos.

Muitos dos que assistiram ao vídeo publicaram comentários de repúdio contra a atitude de Day. “Que mulher horrível!”, comentou uma internauta. "Ela deveria estar atrás das grades", disse outra. A mãe de Titi se manifestou em uma de suas redes sociais para agradecer a solidariedade dos fãs através de mensagens e disse que já está tomando as medidas necessárias para resolver o problema mediante a lei.

Publicidade

Além de ter atacado a filha de Gagliasso, a moça também fez graves acusações contra a cantora Anitta e a atriz e modelo brasileira Thaila Ayala no domingo (26), afirmando que as duas seriam usuárias de cocaína. Segundo Day, há provas gravadas (áudio e vídeo) que suas acusações são verídicas e ameaçou divulgá-las.

"A Anitta cheira pó sim, cheirou pó na minha frente, eu ainda filmei sem querer", disse a mulher. Além disso, ela mostrou uma foto durante uma festa com a cantora de 24 anos e um vídeo filmado do banco traseiro de um carro dirigido por Anitta para provar que realmente havia estado com a funkeira.

As assessorias de Anitta nem a de Thaila se manifestaram sobre o assunto.

Atualmente, atitudes de racismo são crime no Brasil, que pode gerar pena de reclusão contra o acusado, caso seja comprovado o crime. O resultado das medidas tomadas por Ewbank ainda não foi divulgado.

Leia tudo e assista ao vídeo