Publicidade
Publicidade

Pedro Cardoso, Carolina Ferraz e Maitê Proença agora integram a lista negra da emissora Globo. Talvez nunca mais você verá um dos três novamente em canais da emissora. E é claro que, se perguntarem para a assessoria de imprensa da Globo, a notícia que você terá é que isso não procede, mas avalie você, dono de uma emissora, o que faria diante das rebeldias de seus três ex-artistas. Pedro e Maitê criticaram a empresa em que tanto tempo trabalharam e Carolina Ferraz, tanto tempo contratada, agora entrou na Justiça contra sua ex-casa.

Publicidade

Por conta das atitudes rebeldes dos artistas, que você vê com detalhes a seguir, a cúpula da emissora decidiu bani-los de vez de toda e qualquer produção da emissora. O mesmo também aconteceu com Victor, da dupla Victor & Leo, que depois do episódio da suposta violência à ex-esposa, foi tirado do ar e se revoltou contra a emissora.

Em uma linguagem popular, os diretores da Globo avaliam que, se não quer trabalhar na casa ou está insatisfeito com a política, que 'vá caçar comida em outro terreiro', ou ainda, 'que vá caçar trabalho em outro freguesia'.

O fato é que cada um deles, com suas razões criticou a Globo e isso não é aceito por lá.

Agora pense se você é o dono da emissora, faria o mesmo? Veja o que cada um fez em detalhes:

Pedro Cardoso

O ator e humorista passou mais de 30 anos trabalhando na Globo, chegou a ser roteirista de programas com TV Pirata (1988-1992) e trabalhou quatorze anos em 'A Grande Família', uma das séries mais sensacionais que a Globo já produziu. A série foi ao ar de 2001 a 2014. Na trama ele fazia o Agostinho Carrara. Ao fim da série ele foi dispensado e começou a falar mal da Globo, depois que saiu. Em 2015, quando falou ao UOL, ele chamou a emissora de 'acovardada e conservadora' criticando o tipo de programa que vai ao ar na Globo.

Publicidade

Pedro julga que a emissora parou no tempo e isso não caiu bem.

Já no Pânico, o ator disse que não foi valorizado na casa e o desprezaram. Criticou também a série 'Verdades Secretas', que tem um conteúdo muito adulto por trás de uma história qualquer. Em sua visão, a série só queria trazer o conteúdo erótico e não a história.

Já para Gugu, ele não se importou com as suas declarações e disse que se esse fosse o preço de sua liberdade [perder a chance de voltar para a Globo por criticá-la] ele continuaria fazendo.

Por conta disso, acabou sendo banido do canal.

Maitê Proença

Maitê, 59, foi uma das convidadas do 'Roda Viva', há poucas semanas. Ela deu uma declaração para lá de polêmica. Ela disse que perdeu papéis seguidos, justamente porque não quis fazer o teste do sofá. Então ela diz que, além de não conseguir papéis, acabou tendo a vida prejudicada dentro da emissora.

Outra citação que ela fez foi de assédio moral. Um diretor teria pedido para ela quebrar uma garrafa numa parede. Ele filmou e mandou para outros diretores dizendo que estava louca.

Publicidade

Carolina Ferraz

O caso de Carolina é um pouco diferente. Ela recebia como PJ e agora cobra todos os seus direitos trabalhistas na Justiça, como 13°, férias, FGTS e encargos de vínculo de trabalho.

Ela se mostrou grata ao tempo que trabalhou na emissora, entretanto, diz que não podia abrir mão de seus direitos.

Não perca:

Socialite que atacou Titi, Anitta e Rafinha recebe castigo rápido e fica 'muda'

Socialite que ofendeu Titi teria gravado vídeo de Anitta usando droga: 'Cocaína'