Quem diria que a Globo, a emissora mais poderosa do país e considerada um celeiro de bons profissionais, dentre eles, produtor, diretores e uma grande equipe de assistentes, poderia escorregar tão feio em uma novela das 21h, horário mais nobre da emissora. E pior, logo depois de um grande sucesso, como 'A Força do Querer' de Gloria Perez. Foi o que aconteceu com 'O Outro Lado do Paraíso' que até estreou com bons números e indicadores positivos, mas muito por causa de sua antecessora, a novela de Glorinha que fez com que o público voltasse a assistir Novelas no horário.

Publicidade
Publicidade

E olha que a trama é de Walcyr Carrasco, um dos maiores e melhores escritores de novela do país. Não bastasse, ainda conta com o diretor artístico Mauro Mendonça Filho, também muito aclamado.

Mas até os melhores erram e por falta de planejamento e conforme revelou uma coluna do site TV Foco, até falta de inteligência, a trama agora passa por maus bocados e precisa ser completamente reformulada para não perder mais público e se transformar num grande fracasso da emissora.

Publicidade

A trama começou com muita tragédia, todo mundo 'se dando mal', racismo, preconceito à deficiente, violência doméstica e ninguém sendo feliz ou nenhum núcleo trazendo graça para a novela. Sem o contraponto da felicidade, a trama se transformou em uma grande desgraça, no sentido literal.

Isso porque ainda nem foi abordado aqui, ainda, a vida de Duda/Elizabeth que muda de nome, é escorraçada de casa, do convívio da família, da filha e vai morar longe.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas O Outro Lado Do Paraíso

Em seu destino, ela conhece um homem casado, mas ela não sabe, se envolve com ele, faz um negócio de risco, coloca o seguro do barco no nome do homem e no final descobre que seu amante tinha uma esposa, com quem fica toda o prêmio do seguro. É muito azar. É muita 'zica'.

Globo desperdiça tempo e dinheiro e joga no lixo 12 capítulos da novela, além de roteiros e do rumo da trama

A primeira fase, com 30 capítulos e uma história enfadonha, afastou o público da frente da TV e trouxe um certo ranço à história.

Por outro lado, atentos ao clamor popular, os diretores e o autor começaram a reescrever cenas, jogar trabalho no lixo e recomeçar do zero (ou do 31° capítulo).

Conforme relato do site TV Foco e também noticiado aqui na Blasting News, 12 capítulos inteiros foram jogados fora, desprezados, além de 30% do que já estava roteirizado e outro percentual equivalente de cenas já escritas.

O telespectador já começou a sentir que a novela deu uma acelerada e a segunda fase acabou chegando mais cedo que o esperado.

Publicidade

Outro ponto importante também é que, segundo Walcyr, a cena de abuso sexual contra a menor Laura, não será abordada mais na novela. Só que ficará meio sem sentido, já que a menina já mostrou repulsa (agora gratuita) do padrasto.

Resumo da novela: O Outro Lado do Paraíso: resumo de quinta, 23/11; Sophia 'queima' Josafá

Mais sobre O Outro Lado do Paraíso: Lívia e Renato acabam com a vida de Gael e roubam filho

Agressão sexual na segunda fase: O Outro Lado do Paraíso: Clara é vítima de agressão sexual na nova fase da trama

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo