Quem diria que a Globo, a emissora mais poderosa do país e considerada um celeiro de bons profissionais, dentre eles, produtor, diretores e uma grande equipe de assistentes, poderia escorregar tão feio em uma novela das 21h, horário mais nobre da emissora.

Publicidade
Publicidade

E pior, logo depois de um grande sucesso, como 'A Força do Querer' de Gloria Perez. Foi o que aconteceu com 'O Outro Lado do Paraíso' que até estreou com bons números e indicadores positivos, mas muito por causa de sua antecessora, a novela de Glorinha que fez com que o público voltasse a assistir Novelas no horário.

E olha que a trama é de Walcyr Carrasco, um dos maiores e melhores escritores de novela do país. Não bastasse, ainda conta com o diretor artístico Mauro Mendonça Filho, também muito aclamado.

Após erro grave, produtores tentam consertar estrago em novela da Globo
Após erro grave, produtores tentam consertar estrago em novela da Globo

Mas até os melhores erram e por falta de planejamento e conforme revelou uma coluna do site TV Foco, até falta de inteligência, a trama agora passa por maus bocados e precisa ser completamente reformulada para não perder mais público e se transformar num grande fracasso da emissora.

A trama começou com muita tragédia, todo mundo 'se dando mal', racismo, preconceito à deficiente, violência doméstica e ninguém sendo feliz ou nenhum núcleo trazendo graça para a novela.

Publicidade

Sem o contraponto da felicidade, a trama se transformou em uma grande desgraça, no sentido literal.

Isso porque ainda nem foi abordado aqui, ainda, a vida de Duda/Elizabeth que muda de nome, é escorraçada de casa, do convívio da família, da filha e vai morar longe. Em seu destino, ela conhece um homem casado, mas ela não sabe, se envolve com ele, faz um negócio de risco, coloca o seguro do barco no nome do homem e no final descobre que seu amante tinha uma esposa, com quem fica toda o prêmio do seguro. É muito azar. É muita 'zica'.

Globo desperdiça tempo e dinheiro e joga no lixo 12 capítulos da novela, além de roteiros e do rumo da trama

A primeira fase, com 30 capítulos e uma história enfadonha, afastou o público da frente da TV e trouxe um certo ranço à história. Por outro lado, atentos ao clamor popular, os diretores e o autor começaram a reescrever cenas, jogar trabalho no lixo e recomeçar do zero (ou do 31° capítulo).

Conforme relato do site TV Foco e também noticiado aqui na Blasting News, 12 capítulos inteiros foram jogados fora, desprezados, além de 30% do que já estava roteirizado e outro percentual equivalente de cenas já escritas.

Publicidade

O telespectador já começou a sentir que a novela deu uma acelerada e a segunda fase acabou chegando mais cedo que o esperado.

Outro ponto importante também é que, segundo Walcyr, a cena de abuso sexual contra a menor Laura, não será abordada mais na novela. Só que ficará meio sem sentido, já que a menina já mostrou repulsa (agora gratuita) do padrasto.

Resumo da novela: O Outro Lado do Paraíso: resumo de quinta, 23/11; Sophia 'queima' Josafá

Mais sobre O Outro Lado do Paraíso: Lívia e Renato acabam com a vida de Gael e roubam filho

Agressão sexual na segunda fase: O Outro Lado do Paraíso: Clara é vítima de agressão sexual na nova fase da trama

Leia tudo