Publicidade
Publicidade

Nesta segunda-feira (20), comemora-se o Dia da Consciência Negra no Brasil, que em muitas cidades é feriado. A apresentadora Glória Maria, conhecida pelo 'Globo Repórter', fez uma publicação considerada ofensiva e polêmica para algumas pessoas. Na verdade, ela apenas compartilhou um pensamento de outra personalidade negra conhecida, o ator Morgan Freeman, muito respeitado nos Estados Unidos.

“O dia em que pararmos de nos preocupar com Consciência Negra, Amarela, ou Branca e nos preocuparmos com Consciência Humana, o racismo desaparece”, dizia a mensagem que deu o que falar da apresentadora, que chegou a ser atacada nas redes sociais, mas fez questão de dar seu posicionamento a respeito do assunto.

Glória Maria diz que não apagará publicação sobre preconceito: 'Nunca!'

Alguns seguidores se mostraram bastante favoráveis à opinião da apresentadora, enquanto outros se mostraram contra o que ela estava dizendo e fizeram críticas bastante pesadas.

Publicidade

Após receber os comentários muito ruins, a celebridade decidiu se posicionar. Ela disse que não concordar com o pensamento do famoso ator americano era um direito dos brasileiros, mas que ela gostava daquilo. Glória falou ainda que o Dia da Consciência Negra no Brasil foi uma grande conquista, mas que não pretendia que as pessoas pensassem como ela. Além disso, a comunicadora fez questão de dizer que os negros no Brasil apenas ganharam o seu espaço após muita luta.

Negra, Glória Maria revela que só conquistou espaço após muita luta em mundo branco

A colega de Sérgio Chapelen contou ainda que teve dificuldade para encontrar um bom espaço no mercado de trabalho, que ela fez questão de dizer que, em sua maioria, apenas privilegia os brancos.

Glória ainda falou que os seguidores contrários ao pensamento de Morgan Freeman estavam contentes em apenas compartilharem um pensamento bastante preconceituoso, sem ao menos pesquisaram mais a respeito do assunto.

Gloria Maria diz que ela e o ator dos EUA conseguiram o espaço porque batalharam e estudaram muito. Ela ainda contou que foi alvo de muita discriminação em seu ambiente de trabalho e que não via motivos para apagar o conteúdo que ganhou as redes sociais. O textão continua e fala que as pessoas só conseguem perceber o próprio lado, sem se importarem com o que acontece ao redor, como o sofrimento de outras pessoas.

Publicidade

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo.