A crise começou a afetar o casting da emissora de Silvio Santos. Após 20 anos, Moacyr Franco é demitido do SBT, no que parece ser o início de uma onda de cortes feita pelo canal do "Baú". O enxugamento se deve a um corte de gastos necessário e a renovação do elenco.

Moacyr Franco é um dos grandes nomes do SBT. Já teve programa próprio e estrelou séries com papéis importante na emissora, entre elas "Ô Coitado" ao lado de Gorete Milagres, mais conhecida por sua personagem Filó. Em "Meu Cunhado" Moacyr Franco fazia parceria com o saudoso Ronald Golias

Moacyr Franco mantinha, desde 2005, um personagem fixo em "A Praça é Nossa", que vai ao ar todas as noites de quinta-feira, no papel de Jeca Gay, além de algumas participações especiais.

Publicidade

Carlos Alberto de Nóbrega afirma que não teve nada a ver com a demissão de Moacyr Franco e diz ainda que eles são amigos há mais de 60 anos:

“Quando eu soube que ele seria cortado, foi um choque pra mim. Eu disse à direção da casa que não ia conseguir dar a notícia, porque iria começar a chorar na hora. Ele é um dos artistas mais injustiçados no nosso País. É um gênio, tem uma versatilidade como poucos. Ótimo ator, humorista, escreve muito bem, canta muito bem… Um absurdo ele ter somente 5 minutos de participação na Praça.

Mas a empresa não é minha, e a decisão também não foi minha. Estou muito triste”, disse Carlos Alberto emocionado.

De fato, a situação parece não ser das melhores, já que Franco sempre teve um espaço de destaque no SBT, inclusive assumindo a função de Diretor de Criação da emissora, em 1998. O fato de o canal se desfazer de um grande nome desta forma revela que nem os mais brilhantes artistas do seu elenco estão sendo poupados.

Além de Moacyr Franco, outro ator da "Praça é Nossa" foi cortado da emissora.

Publicidade

Paulo Pioli, que estava no programa há mais de 10 anos interpretando o personagem Caipira, dono do bordão “Êta fuminho bão”, teria uma reunião marcada para a tarde desta terça feira (21) para tratar a rescisão do contrato com o canal.

Carlinhos Aguiar, que estava todo domingo como jurado no Programa Silvio Santos também foi demitido após 30 anos de emissora. Surpreendido, ele disse que estava triste e sem entender as razões que o levaram a ser cortado do canal. Carlinhos, inclusive, causou polêmica ao afirmar que sua demissão pode ter ocorrido por influência de Mara Maravilha, sua colega, que em suas próprias palavras "fez a cabeça de Silvio Santos contra ele".

Até o momento, a assessoria do SBT não se pronunciou sobre as demissões.