O apresentador Carlos Alberto de Nóbrega está desolado com a demissão do humorista Moacyr Franco do SBT. Ele esteve na Câmara dos Vereados de São Paulo, onde discursou nesta segunda-feira (27). Carlos conversou com jornalistas na saída do evento e acabou impressionando muita gente ao falar de um tema delicado do momento, a demissão do seu amigo, o apresentador Moacyr Franco, ex-SBT.

Moacyr tinha um quadro em 'A Praça é Nossa' e também era jurado de um dos quadros do 'Programa Raul Gil'. Ele foi apenas um dos muitos demitidos na onda de cortes que passava a emissora.

Publicidade

Nóbrega não gostou nada disso e criticou até mesmo Silvio Santos por ter tomado a medida.

Nóbrega reclama de demissão de Moacyr Franco e diz que quem perde é o SBT

Carlos contou que assim que ficou sabendo que Moacyr seria demitido não queria falar com ele sobre o assunto. O medo de Franco é que o amigo não entendesse, mas que essa é a vida. Carlos falou que o próximo a ser desligado do canal pode ser ele. O dono de 'A Praça é Nossa' ainda fez graves críticas a Silvio Santos e ao SBT, argumentando que quem perdia mesmo era o canal, pois Franco é um artista completo. De fato, Moacyr é um dos maiores nomes do humor no Brasil e esteve diante de grandes projetos ao SBT.

'Quero morrer trabalhando', diz Carlos Alberto sobre possível demissão do SBT

Carlos é um dos nomes mais importantes da televisão. Ele dá forte audiência ao canal de Silvio Santos, mas ele entende que um dia isso pode mudar e ele ser demitido. No entanto, Carlos espera que isso demore muito, já que ele é uma grande personalidade e adora trabalhar. Segundo o humorista, o seu grande sonho é poder falecer trabalhando. Nóbrega voltou a falar sobre a demissão de Moacyr e garantiu que não estava preocupado com o que a mídia fosse dizer, mas sim com o que o seu grande amigo iria pensar.

Publicidade

Nóbrega e Nóbrega mantém amizade após demissão no SBT

Por sorte, Franco teria possuído uma grande compreensão em torno do episódio. Ele chegou a dar entrevistas dizendo que espera um dia voltar ao SBT, mas que o seu salário não seria capaz de tirar o SBT do buraco. O ator receberia cerca de R$ 40 mil todos os meses. Carlos ainda disse que o seu programa dá lucro ao SBT. Ele revelou que mesmo com todos os gastos a sua atração dá lucro de R$ 1 a R$ 3 milhões por mês, enquanto alguns projetos dão prejuízos milionários.

Por isso, ele garante continuar pensando em 'A Praça é Nossa' e que respeita a decisão do SBT em pensar na emissora.

Deixe o seu comentário.