No sábado (11), um homem foi preso por estupro a uma jovem durante a gravação do “Show da Virada”, evento de final de ano da Rede Globo. O show acontecia em Belo Horizonte (MG), na Esplanada do Mineirão, e o crime teria ocorrido dentro de um banheiro químico.

Ao noticiar o fato, o programa “Balanço Geral”, da RecordTV, relatou que a vítima se trata de uma mulher de 21 anos. A jovem registrou o boletim de ocorrência e relatou que tudo aconteceu dentro de um banheiro químico, quando foi abordada pelo suspeito, minutos antes do inicio do show da dupla sertaneja Jorge & Mateus.

Publicidade

O “Show da Virada” é um evento anual transmitido pela Rede Globo, que conta com parcerias de cantores famosos, que juntos formam um belo show, que é transmitido todo dia 31 de dezembro e marca a passagem de ano de milhões de pessoas.

Suspeito do crime

O suspeito do crime é Vanderley Lemos Quaresma, que foi preso pela Guarda Municipal e reconhecido pela vítima. Além do abuso sexual contra a jovem, Vanderley também poderá responder por furtos ocorridos no mesmo show. Isto porque, além do boletim registrado pela jovem, a Guarda Municipal também recebeu diversas denúncias de furtos ocorridos no mesmo show.

Com o suspeito foram encontrados seis celulares, que, segundo a polícia, teriam sido objetos de furtos. A versão é negada por Vanderley, que relatou ter comprado os aparelhos e também nega ter cometido o abuso sexual contra a jovem.

Vanderley Lemos Quaresma já era um antigo conhecido da Justiça. Isso porque já conta com 16 passagens por furtos, uma por porte ilegal de armas e também já foi preso por dois assassinatos e uma tentativa de homicídio.

Procurada para relatar sobre o ocorrido, a Rede Globo informou que todas as providências já foram tomadas para garantir o máximo de segurança ao público que frequenta o evento. Além disto, a organização e a produção do evento já prestaram esclarecimentos solicitados pela Justiça.

Publicidade

Casos de abuso sexual contra jovens e adolescentes crescem em 2017

A Secretaria de Segurança de São Paulo apresentou um dado que está preocupando toda a população, isso porque uma pesquisa mostra que entre janeiro e março deste ano o número de denúncias de Abusos contra jovens e crianças aumentou consideravelmente. Segundos os dados, dos 2.667 casos de estupros registrados neste período, mais da metade envolve vulneráveis menores de 14 anos. São 1.794 casos no total, o maior número registrado desde 2013.