Publicidade
Publicidade

Nesse domingo (26), o programa Eliana foi muito forte e recheado de revelações durante o quadro 'Com o Passar dos Anos'. Eliana, que recentemente passou por um procedimento de risco com a gravidez de Manuela, entrevistou no quadro a apresentadora Silvia Abravanel, filha adotiva de Silvio Santos, dono do SBT. O objetivo do quadro foi envelhecer Silvia e seu companheiro. Os momentos que foram vistos na telinha foram de grande emoção e também revelações. Silvia revelou, por exemplo, como ficou sabendo que era adotada.

Silvia diz que irmãs cochichavam às escondidas e que se sentia doente por ser excluída

Silvia chegou muito cedo na casa de Silvio Santos.

Publicidade

Na verdade, ela era para ter sido adotada pela família de Manuel de Nóbrega, pai de Carlos Alberto de Nóbrega, hoje à frente de 'A Praça é Nossa. Um problema, entretanto, fez com que a menina fosse levada para a casa de Silvio e Cidinha, sua primeira esposa. Naquele período, Cidinha já estava muito doente. O apresentador já tinha uma filha quando Silvia chegou. Mais tarde, ela foi criada por Íris Abravanel e apenas teve certeza de que era adotada diante de um momento de maldade das irmãs. Tudo coisa de criança.

Silvio Santos disse à Silvia Abravanel que a amava como as demais irmãs, inclusive Patrícia

Silvia começou a notar que toda hora as irmãs diziam baixinho a palavra adotada e a tratavam com alguma indiferença. Um dia muito triste, ela decidiu falar com o seu pai sobre a situação e Silvio Santos decidiu reunir todas as filhas. "Achava que era doente", disse a apresentadora do 'Bom Dia e Cia" por conta da maldade das irmãs. Silvio então disse que amava todas as filhas da mesma maneira, mas que sim, a famosa era mesmo adotada, mas que Patrícia e as demais eram filhas naturais e ela filha do coração. Ou seja, ele tratava todas de maneira igual.

Publicidade

Silvia Abravanel garante ter orgulho de ser adotiva e chora com simulação de morte de Silvio Santos

Em seguida, Silvia chegou a dizer que procurou parte da família biológica, mas que desistiu para não machucar a família do coração. “Isso nunca me trouxe problema, sempre tive orgulho de ter sido adotiva. Pra mim eu fui um presente do meu pai, um presente do coração”, disse a celebridade, que ainda chorou horrores quando Eliana fez "passarem os anos" com o uso de maquiagem e disse que àquela altura Silvio Santos já teria falecido.

Nesse momento, Silvia chorou muito e mostrou enorme gratidão para com o pai.