Foi na manhã desta segunda (27) que o ator da Globo, Bruno Gagliasso, foi até a delegacia para denunciar um crime. Segundo ele, sua filha Titi, de 4 anos, foi cruelmente ofendida na internet. Tais ofensas, que foram racistas, partiram de um Vídeo publicado na web por uma socialite chamada Day McCarthy.

Deixando tudo bem claro, o ator disse que denunciou o tal vídeo e que nenhuma ofensa racista feita contra a sua filha será deixada para trás e a autora não ficará impune.

Fazendo justiça

Em entrevista quando saía da delegacia, Bruno afirmou que a autora do crime não se encontra no Brasil, mas mesmo assim, a criminosa será punida, pois ela cometeu um crime.

Publicidade

Ela pode estar em qualquer lugar do mundo que terá que responder pelo que fez, isso, de acordo com o que disse a delegada que acompanhou o depoimento do ator.

O ator ainda disse que a polícia já tem as informações necessárias para pegar a autora do vídeo que contém as agressões e, por isso, ele já tem a certeza de que ela irá pagar pelo que fez.

Para fazer a queixa, Bruno foi até a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que se situa na Zona Norte do Rio.

A prova do crime

O vídeo feito pela socialite foi publicado nno sábado (25). A brasileira, que atualmente reside no Canadá, se define como escritora e nas imagens resolveu fazer críticas ofensivas a Titi.

E ao que tudo indica, agora ela terá que responder por crime de injúria racial e difamação.

Depois de prestar queixa na delegacia, o ator fez um apelo para que todas as pessoas, que assim como ele, se sentirem alguma vez ofendidas pela internet, tomem coragem e também denunciem seus agressores. Segundo ele, esse tipo de crime acontece todos os dias e cabe as vítimas, denunciar para fazer diferença neste mundo.

Para Bruno, quando Titi, filha dele junto com Giovanna Ewbank, estiver maior, ela mesma vai poder se defender de tais agressões e ele, como pai, vai estar sempre a acompanhando.

Publicidade

Ele contou que essa não foi a primeira vez que ela passou por isso e que sabe que não será a última, mas ela será forte para aguentar isso, pois será bem instruída.

As consequências

Pelo que explicou a delegada Daniela Terra, a responsável pelo crime será intimada, a legislação que será aplicada é a brasileira e o processo seguirá com a ajuda do Ministério da Justiça. Segundo a advogada de Bruno, mesmo a autora não estando no país, medidas cabíveis para inibir atitudes criminosas em relação as injúrias poderão ser tomadas contra ela.

Essa não foi a primeira vez que a socialite Day McCarthy ataca um filho de um famoso. Já há um bom tempo, ela vem postando vídeos onde se mostra preconceituosa e racista. Um exemplo, é uma dessas publicações na qual ela fala mal da filha do apresentador Roberto Justus.

Essa também não foi a primeira vez que o ator da Globo foi até a delegacia para fazer esse tipo de denúncia. Em 2016, a sua filha também foi ofendida pela internet e ele chegou a fazer o mesmo tipo de queixa. Agora, o que Bruno Gagliasso e muitos dos seus fãs esperam, é que a justiça seja feita e que Day McCarthy e outros que pensam iguais a ela, paguem por tudo o que fizeram, assim quem sabe, aprendam a não serem tão preconceituosos e racistas.

Publicidade