Atenção, esse artigo possui spoilers dos próximos episódios de Dragon Ball Super. Se você ficou curioso para saber o destino dos anjos do anime continue lendo. Agora que Dragon Ball Super versão mangá está bem adiantada é possível compreender alguns detalhes que não podem ser percebidos no anime.

Para quem não sabe, Zeno realiza do Torneio do Poder, junto com Futuro Zeno. Eles querem reduzir a quantidade de universos para cuidar e a maneira mais fácil de fazer isso é eliminar os que são potencialmente mais fracos.

Publicidade

De início, eles queriam apagar alguns universos de acordo com o julgamento deles, mas Goku interveio e agora 8 dos 12 universos podem lutar entre si para classificar o mais forte.

Assim ficaram os universos 2, 3, 4, 6, 7, 9, 10 e 11 lutando no torneio do poder. Os outros quatro, que são os universos 1, 5, 8 e 12 estão seguros, por serem julgados como mais fortes. Dos oito universos que estão no torneio, apenas um será vencedor e sete serão apagados. Tudo que pertencer ao universo apagado será destruído, incluindo os deuses.

Nem mesmo os deuses da destruição serão poupados, exceto os anjos. Até aí muitos já sabiam, o que poucos sabem é que, de acordo com o mangá, que já está se aproximando do Torneio do Poder, há informações que indicam porque os anjos serão poupados, enquanto os deuses serão destruídos. A verdadeira razão é que os anjos são guias que treinam e cuidam dos deuses da destruição, mas não pertencem ao universo.

Assim, quando os deuses que eles cuidam forem destruídos, eles irão para outro lugar e ficarão dormindo até serem nomeados curadores de outro deus da destruição.

Publicidade

O mangá tem a função de fazer um trabalho mais explicativo, mostrando motivos e fatos que no anime não é possível esclarecer. Toyotaro ainda disse que quer trabalhar bastante essa questão nos mangás, trazendo luz aos personagens e aos seus detalhes.

Na verdade, seria realmente uma pena perder os anjos, pois eles são os guias dos personagens e dão clareza aos episódios. Durante a batalha entre Goku e Kefla, no último episódio do anime, Whis explicava vários motivos da reação de Goku ao usar o poder vindo do instinto superior, e ainda dava possibilidades mostrando como Goku poderia dominar esse poder.

Através das falas do personagem, as cenas vão ficando mais claras para o telespectador, que passa a compreender a saga, ligando os fatos e compreendendo melhor algo tão novo e inusitado como o instinto do poder.