Tentando de todas as formas se manter na TV em 2018, o 'Pânico na Band' está derrapando e pode mesmo ficar sem espaço no próximo ano. As negociações com o SBT foram encerradas e Silvio decidiu que não quer a atração em sua emissora, por conta do 'Business Plan', que mostra que o programa é caro e vem apresentando índices de audiência aquém do esperado. O que resta hoje em negociação é mesmo algo com a Record, mas é uma negociação que se arrasta há mais de mês e pode também não dar certo. O fato é que na Band, não vai rolar mais.

Por outro lado, a Band vê que o 'Encrenca', que entrou para concorrer com o 'Pânico na Band', tem conseguido índices similares ao programa que já está na UTI e com um formato bem parecido, mas sem os quadros de externa, que exigem muita gente trabalhando e, portanto, muitos custos.

Dessa forma, os diretores já pensam, inclusive, em algo mais barato e já sonham com um humorista, velho conhecido, para comandar a atração que poderia ser até, uma cópia do programa.

Band inicia negociações com humorista do próprio Pânico para assumir o horário do 'falecido'

Engraçado ou não, Marcelo Oliveira, um dos diretores da Rede TV, deu a dica. Ele sugeriu que os humoristas se juntassem e oferecessem à Band sua própria atração, e se livrassem de Tutinha e Emílio Surita, desafetos do diretor. A briga entre eles é antiga, desde que tiraram do ar o Pânico na Rede TV e levaram para a Band. Na época, saíram dizendo que a Rede TV não pagava salários, entre outras acusações.

Carioca pode ser o 'cara' a substituir o Pânico

Segundo o jornalista do UOL, Daniel Castro, Marvio Lucio, o carioca, chegou a ser contatado e pode ser a peça que faltava para a montagem de um programa novo (ou não) que substituiria o 'Pânico na Band' na grade da emissora.

O programa poderia se chamar 'Programa do Carioca' e não teria trechos ao vivo, seria todo gravado, o que reduziria em muitos milhares de reais, o custo da atração.

A verdade é que o ator pode ser considerado um traidor por alguns e até o atual diretor do programa, Marcelo Nascimento, apontado como um dos responsáveis pelo fim da atração, publicou uma mensagem enigmática no Twitter que foi interpretada como uma indireta:

“Talvez, um dia abrirei uma reunião de pauta para que um crítico de TV possa assistir.

É visceral e emocional. (...) Gente criando, discutindo. Não é um programa comum. É gente fora da curva. Copiar ou tentar um novo Pânico? Impossível!”, relatou o diretor da atração.

Segundo o site TV Foco, a notícia caiu como uma bomba entre os demais humoristas da atração. Cabe lembrar também que Carioca teve o contrato com a Band recentemente renovado.

Segundo o próprio site, as negociações seguem discretas e a Band negou a informação.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!