Maitê Proença é uma das mais conceituadas atrizes brasileiras. Ela é responsável por interpretar grandes personagens nas telenovelas da Rede Globo, porém, já faz exatos 12 meses que a mesma foi demitida da emissora da família Marinho. Até então, o motivo da sua demissão havia sido colocado em segredo, porém, a atriz resolveu falar sobre o assunto.

Maitê concedeu entrevista ao programa "Roda Viva", da TV Cultura, onde expôs abertamente os detalhes desde o seu último dia na Rede Globo.

Publicidade
Publicidade

Ela contou que em momento algum recebeu qualquer aviso prévio sobre a decisão da emissora a seu respeito e só tomou conhecimento do seu desligamento através da internet.

Em seu desabafo, ela afirma que foi algo muito estranho que lhe aconteceu e que chegou a ligar para uma pessoa dentro da emissora para confirmar tal anúncio na internet. Foi aí que recebeu a confirmação sobre o fim do seu contrato.

“Salário-base”, diz Maitê Proença, ao contar sobre como recebia da emissora

Trabalhando na emissora desde o ano de 1973, Maitê deu detalhes de como funcionava a forma de pagamento.

Ela disse que recebia um salário-base e que ainda precisava pedir para participar de comerciais, filmes ou até mesmo alguma peça teatral. Os adicionais só vinham se participava de alguma novela ou minissérie. Ela contou ainda que quando esteve longe da Globo, ela chegou a pedir um cachê em torno de R$ 300 mil para iniciar em uma novela da Record, porém, a negociação não teve sucesso.

Maitê Proença fala sobre assédio nos estúdios da Globo: “Perseguindo mesmo”

Com tantas denúncias de assédio sexual, envolvendo o nome da emissora nas mídias nacionais, Maitê confirmou que já foi alvo de inúmeras investidas durante todo o período que esteve na emissora.

Publicidade

Contou que muitas das vezes, a atriz passava vários anos contracenando com um ator e, de repente, por não ceder suas vontades sexuais, o mesmo acaba atrapalhando seu trabalho.

Ela diz que não são todos, porém esses acabam, de certa forma, atrapalhando sistematicamente a vida das atrizes, pois a perseguição é algo predominante. Ela fez uma revelação bombástica, afirmando que um diretor chegou a se relacionar com um de seus ex-namorados. Ela conta que foi algo planejado, que na época o diretor havia pedido que ela jogasse uma garrafa na parede, quando ela jogou, o mesmo filmou e entregou as imagens para o produtor, afirmando que ela estava louca.

Ela ficou indignada e chegou a questionar o porquê de a emissora ainda estar mantendo o diretor com atitudes tão desprezíveis, mas foi ligeiramente respondida que o mesmo estava lá por ser alguém muito talentoso.

Maitê teve o nome envolvido em polêmica com dublê

Em 2016, a atriz teve seu último papel na emissora, participando da série ‘Liberdade, Liberdade’. Neste ano, seu nome ganhou as mídias devido a uma polêmica, após a atriz Juliana Scalco afirmar que o bumbum exibido em uma cena não seria de Maitê e sim o dela.

Publicidade

De fato, o bumbum não era de Maitê, porém, ela explicou que ficou chateada porque o que a atriz havia feito não se faz, pois não se revela segredos dos bastidores, ainda mais quando se é chamada para fazer um papel de dublê.

Leia tudo