Anúncio
Anúncio

O apresentador William Waack é um dos nomes mais conhecidos do Brasil. No entanto, sua vida virou um tremendo inferno. O comunicador do 'Jornal da Globo' teve um vídeo antigo repercutido. Nele, o jornalista aparece conversando com um especialista em política. Waack estava em Washington, nos Estados Unidos, quando fez o comentário. Um homem passa buzinando de carro e irritada a celebridade, que diz que só podia ser um "você sabe o quê" para o entrevistado. Para parte do público, Waack estaria se referindo a cor do homem que realizou a ação.

Anúncio

Isso acabou chocando muita gente, que não esperava que o comunicador fizesse algo do tipo.

William Waack é alvo de boatos sobre sua vida. De demissão à suposta prisão

Logo que a frase considerada racista veio à tona, começou a perseguição ao jornalista. A TV Globo não pôde fazer outra coisa a não ser afastar o nobre repórter de seu canal. Ele ainda foi alvo de muitos boatos. Algumas pessoas chegaram a dizer que o repórter foi preso, chorou e outros fatos que não há qualquer flagrante. Tudo oportunismo de meia dúzia de gente.

Até sites especializados chegaram a revelar que Waack teria sido demitido da TV Globo, mas como mostra a jornalista Keila Jimenez, do portal de notícias R7, em matéria publicada nesta sexta-feira (24), as coisas não são bem assim.

Jornalistas protestam para que William Waack volte ao ar

Em uma matéria assinada nesse fim de semana, a jornalista do R7 diz que Waack tenta se reerguer nos bastidores do canal e que, para isso, está tendo a ajuda de muitos colegas na emissora. Nada de chororô. Apesar de ser considerado um homem de gênio difícil, William tem muitos amigos no meio e é muito respeitado.

Anúncio

Desde que deixou o telejornal que leva o nome da emissora, a audiência do mesmo só desabou. Não é a toa que muitos colegas agora protestam para que ele volte ao ar. O desejo é que William consiga voltar ao telejornal já no ano que vem, tentando fazer com que o público esqueça tudo o que aconteceu.

William Waack deve ficar de fora do 'Jornal da Globo' e ainda corre risco de demissão, diz colunista

Para o “Jornal da Globo” Waack não deve voltar mais. Se não acertar o rompimento de contrato com a emissora, o apresentador pode assumir um cargo nos bastidores do canal ou em algum escritório internacional da rede.

Além da Televisão, William teve que se afastar de eventos em que era palestrante. Sem dúvidas, a perda para ele foi bastante grande.

Deixe o seu comentário.