O público já acostumado a assistir às produções bíblicas da Record TV, está se surpreendendo muito com a novela "apocalipse". Primeiro pela época em que se passa a história. As tramas anteriores se passavam num período muito distante antes de Cristo. O novo folhetim retrata a época atual e outro fator que vem surpreendendo os telespectadores é a rapidez com que o folhetim está sendo exibido.

A primeira e segunda fases da novela foram mostradas com uma agilidade incrível e tudo tem uma explicação.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a jornalista Patricia Kogut, a trama vem sendo drasticamente editada e já se adiantou em pelo menos 15 capítulos. Tais edições cortaram cenas importantes da infância de vários personagens e chegaram a revoltar os pais orgulhosos dos atores mirins.

Outro importante crítico televisivo conhecido no meio artístico, o jornalista Flávio Ricco, informou que a novela deve ser encurtada e terminar antes do previsto. A previsão inicial é de que "Apocalipse" chegasse ao final com 170 capítulos exibidos, mas as edições feitas pela emissora devem mesmo apressar o fim da trama bíblica.

Antes da estreia, a expectativa entre os diretores da Record TV, era de que a nova produção superasse "Os Dez Mandamentos" em audiência. Fato que está muito distante de ocorrer. Ao contrário, a novela vem perdendo audiência desde que começou e os números do Ibope fazem com que a diretoria tente diferentes estratégias para mudar a realidade.

Após cortar várias cenas e alterar ao máximo o roteiro original, cogita-se nos bastidores que a novela seja mesmo encurtada para o desgosto da autora, Vivian de Oliveira.

Publicidade

A publicação de Flávio Ricco apontou também que a principal responsável pelas alterações na nova produção seria Cristiane Cardoso, a filha do Bispo Edir Macedo. Ela teria interferido tanto na trama, que as cenas levadas ao ar chegam a dar impressão de ser outra novela.

Nas redes sociais, Vivian de Oliveira demonstrou sua fé na expectativa de superar o momento turbulento. A autora consagrada por escrever "Os Dez Mandamentos" em 2015, relatou em seu post no Instagram que "aconteça o que acontecer, Deus é fiel".

"Apocalipse" se baseia no livro que narra o fim dos tempos na Bíblia. Um livro difícil de ser compreendido por usar uma linguagem carregada de simbologia e metáforas. O fato de poder ser interpretado de várias maneiras, causa muita polêmica entre os cristãos e na novela não será diferente.

O folhetim ainda vai exibir cenas da terceira guerra mundial prevista nas Escrituras Sagradas e a volta triunfal de Cristo em seus últimos capítulos. Ricardo Montana, personagem de Sérgio Marone, é o anticristo que pretende dominar o mundo usando forças sobrenaturais.

Publicidade

Leia tudo