Anúncio
Anúncio

Pode acabar muito mal a demissão do apresentador William Waack da Rede Globo de Televisão. O desligamento dele foi anunciado oficialmente nesta sexta-feira (22), chocando muita gente. No comunicado, o canal e o comunicador disseram que tinham anunciado a decisão em comum acordo. A medida surpreendeu muita gente. Alguns não acreditaram no que foi apurado e ganhou destaque na mídia. O colunista Ricardo Feltrin, do UOL, deu alguns dados a respeito de como funcionou o desligamento de Waack da Rede Globo. Algumas pessoas ficaram surpresas com tudo o que houve, mas a demissão do âncora já estava sendo travada há algumas semanas.

Anúncio

William Waack deve processar a TV Globo após rescisão de contrato histórica

A demissão de William ocorreu em um momento importante da mídia, na qual os veículos de comunicação estão sendo desafiados a tratarem os temas com bastante riqueza e amplitude. Casos de abuso sexual e preconceito têm se tornado cada vez mais comuns em todo o país. Ele apareceu em um vídeo antigo fazendo comentários racistas em relação a um motorista que passava no local. Ele chegou a dizer que o fato do homem buzinar era coisa de 'você sabe o que'. Para algumas pessoas, isso teria significado que ele falava contra os negros.

William Waack teve reuniões tensas com a Globo e deve entrar em briga judicial

A questão é que a demissão do jornalista da Rede Globo de Televisão teria sido mais complexa do que pareceu. Isso porque William e o canal não teriam se entendido muito bem. Como informa o jornalista Ricardo Feltrin, pelo menos quatro reuniões teriam definido o destino do comunicador da emissora. Ele estava muito bravo e não queria rescindir o contrato, especialmente porque o vídeo em que ele é acusado de racismo foi vazado por um ex-funcionário do canal.

Anúncio

Além disso, o tal ex-funcionário chegou a voltar à emissora e sentou na cadeira de William Waack, tirando sarro da situação. Ele trabalhava, na época do acontecimento, como operador de vt.

Batalha judicial entre Waack e Globo pode terminar em prejuízo milionário

Do ponto de vista jurídico o caso pode se tornar uma batalha longa e espinhosa, com prejuízo para ambas as partes. Um dos argumentos em vista é que Waack fez um comentário jocoso em uma situação privada, na qual a emissora não deveria ter revelado o assunto a todos.

Ela é quem acabou permitindo que o material acabasse sendo gravado pelo ex-profissional, que acabou com a carreira de William no canal.