A TV Tambaú, filiada do SBT na Paraíba, considerou uma brincadeira feita por um apresentador com a cantora Pabllo Vittar como homofobia e, por esse motivo, decidiu afastá-lo do programa. Fábio Araújo utilizou, durante o Tambaú Notícias, transmitido ao vivo no dia 20 passado, a fotografia da cantora Pabllo Vittar [VIDEO] para colocar no ar a música do cantor Falcão que possui o nome de "Holiday’’. A música fala que “Homem é homem/menino é menino/político é político/e baitola é baitola”.

O apresentador apontou o dedo indicador para fotografia da cantora e deu risada. A Rede Tambaú de Comunicação relatou, através de nota, que a retirada do apresentador foi por conta que sua posição não condiz aos valores que a emissora defende.

No decorrer do programa Tambaú Notícias, Fábio Araújo não desistiu de falar sobre o assunto e continuou fazendo polêmica entre a cantora e o humorista Falcão, que fez um desabafo em sua rede social falando sobre a voz que a cantora tem.

A rede de televisão completou informando que foi tomada uma medida administrativa para que o ocorrido não volte a acontecer. Diante disso, a empresa pediu desculpas aos telespectadores e internautas e todos os que se sentiram desprezados e desrespeitados pela atitude de Fábio Araújo.

O programa foi transmitido apenas na web, mas os internautas que estavam vendo a live começaram a fazer burburinho nas redes sociais e começaram a criticar a atitude de Fábio Araújo como homofobia. O apresentador sofreu muitas críticas. Quem leu a nota feita pela emissora foi o jornalista Guto Brandão, que assumiu provisoriamente o lugar de Fábio Araújo na atração jornalística.

Burburinho nas redes sociais

Desde que o apresentador resolveu atacar a cantora Pabllo Vittar, um grande burburinho tomou conta das redes sociais. Os seguidores de Vittar decidiram se posicionar em relação ao assunto. Muitos fãs da cantora comentaram que já ficou chato esse tipo de perseguição. Alguns internautas chegaram a comentar que, se alguém considera que Vittar canta mal, é só não escutar suas músicas. Outro internauta ainda disse que a perseguição é tanta que parece que o que mais incomoda algumas pessoas não é a voz dela, mas, sim, sua orientação sexual.

Por outro lado, muitas pessoas defenderam o apresentador e disseram que ele não falou nada de errado. Na web, muitas pessoas defenderam a liberdade de expressão e se referiu a essa geração como uma “fresca”, que se irrita por qualquer coisa.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para e sempre ajuda no diálogo.