Bruna Marquezine parece não ter mais receios de falar publicamente sobre a sua vida privada, mesmo quando está falando de desgostos ou até mesmo de dificuldades. Tal como informa o site “TV Foco”, foi precisamente isso que aconteceu em uma entrevista recente quando a atriz, de forma completamente inesperada, informou que estava sendo acompanhada por um terapeuta, tudo por causa do enorme ódio e das críticas diárias que costuma receber, sobretudo nas suas redes sociais. De forma detalhada, a ex-namorada de Neymar explicou como está aprendendo a ignorar tudo o que é dito sobre ela, pois só assim vai conseguir se manter fiel àquilo que realmente é e acredita.

Publicidade

Bruna Marquezine tem que orar

“Se a gente se prender a todas as críticas positivas ou negativas, a gente se afasta do que, de fato, somos. Se você começa a dar ouvidos demais a tudo que as pessoas têm a dizer a seu respeito, você começa a construir a sua imagem a partir do olhar do outro. Eu aprendi isso há pouco tempo, graças ao meu belo terapeuta e muitas orações”, confessou de forma muito clara e direta a jovem atriz da Globo, que nesse momento está trabalhando com a emissora nas gravações da próxima novela, fazendo par romântico com o ator português José Fidalgo, que se está estreando nas novelas brasileiras.

Pressão midiática e ódio

Como garante o site “TV Foco”, além de ter falado sobre a necessidade de procurar ajuda psicológica para conseguir lidar com toda essa pressão midiáticia, que também é muito alimentada pelos órgãos de comunicação social, Bruna Marquezine confessou que, ao contrário do que fazem alguns profissionais da televisão brasileira, ela não tem intenção nenhuma de ser politicamente correta, tendo apenas como prioridade poder alegrar a vida ao seu público, tornando seus momentos mais alegres e divertidos.

Próximo desafio na carreira

Nas redes sociais, muitos internautas, sobretudo fãs e seguidores da jovem artista, garantem que é preocupante uma atriz de apenas vinte e dois anos de idade ter que ter um terapeuta para lidar com o ódio e a inveja de determinadas pessoas, afirmando que isso já deveria ter deixado de existir em 2017. Resta agora aguardar para perceber como Bruna vai continuar lidando com toda essa pressão e ataques diários, sendo provavelmente crucial o seu trabalho da próxima novela da Globo para tirar todas as dúvidas às pessoas que, por uma razão ou por outra, ainda acham que ela não tem o talento necessário.