Publicidade
Publicidade

Algumas notícias pegam todo mundo se surpresa e não é para menos. A morte pode aparecer, por exemplo, como um evento completamente chocante e que em nada tem a ver com a vida normal. Recentemente, uma notícia pegou os brasileiros de surpresa. Uma morte de uma grande atriz acabou pegando muita gente de surpresa. Aos 34 anos, um nome da novela das sete acabou nos deixando. O falecimento a que nos referimos é o de Belén Persello, grande nome que marcou as novelas.

Um dos seus últimos trabalhos foi a trama 'Quase Anjos', exibida pela TV Bandeirantes.

Publicidade

A trama da vida real acabou superando a da ficção e chocou o mundo. Isso porque, além de morrer, Belén teria cometido o suicídio e deixado uma espécie de carta de despedida para a família e amigos.

Morre grande atriz aos 34 anos; Belén Persello se suicida e morte choca

Belén era jovem, mas conhecia muito bem o que era a fama. Ser famoso tem altos e baixos e, muitas vezes, lidar com isso é difícil. A morte da famosa ocorreu em um mês feliz para as pessoas, dezembro, quando se comemora o Natal e também a virada do ano.

Os parentes da profissional da dramaturgia demoraram para anunciar a perda. Muitos motivos podem ter levado a isso, inclusive, o fato da polícia precisar ter certeza que que Belén realmente tinha tirado a sua vida. O falecimento pegou os fãs de surpresa e sua "carta de despedida", por meio de mensagens online, acabou chocando muita gente.

Antes de se matar, atriz que fez novela da TV Bandeirantes deixou mensagem de despedida online

O UOL cobriu a morte de Persello e revelou alguns dados sobre a partida dessa grande atriz.

Publicidade

Antes de se matar, ela enviou mensagens para a pessoa mais importante que tinha em sua vida, a irmã, identificada como Sol. Antes de tirar a vida, a atriz enviou mensagens escrevendo que precisava ter paz. Ela parecia anunciar que ia mesmo cometer o terrível ato de se matar. A tragédia acabou chamando a atenção para a necessidade de se discutir artigos como a depressão, que é vista como o mal do século.

Sol confessa que ela e a irmã já não tinham uma relação tão boa, mas ela jamais pensou que Persello poderia se matar.

As autoridades ainda não anunciaram como a profissional da dramaturgia teria se matado, mas, segundo o noticiário local, há meses, ela vinha enfrentando uma grave depressão.

Não esqueça, no Brasil, existe o Centro de Valorização da Vida, o CVV. Para entrar em contato, basta ligar de graça para o telefone 141. Do outro lado, alguém pode te ajudar.