Essa semana, Carlinhos, o vidente, foi vítima de um crime na internet. O mesmo compareceu à delegacia de Apucarana, para registrar um crime de estelionato. Segundo Carlinhos, uma pessoa teria criado um perfil falso nas redes sociais, a fim de conseguir lucro em troca de falsas Previsões. Não conseguindo prever o ocorrido, Carlinhos não viu outra alternativa a não ser a de recorrer à Polícia Civil.

Fãs de Carlinhos acabam sendo enganados

A notícia sobre o perfil falso alarmou os fãs, que ao verem o histórico de previsões do médium, não imaginavam a incapacidade do mesmo em prever coisas sobre sua vida pessoal. Carlinhos se tornou um dos videntes mais conhecidos pela mídia, devido a diversas previsões. O mesmo previu o acidente de avião da Chapecoense, a doença de Temer, a queda de Dilma Rousseff, dentre outras.

Inconformado com o fato, o delegado que atendeu Carlinhos mencionou: "Estão usando o nome dele para arrecadar dinheiro. As pessoas entram em contato através de um telefone disponível na página e o responsável pede dinheiro em troca de previsões. Isso é crime de estelionato e ele pediu que a polícia tome providências".

Perto de 2018, a busca por previsões tem aumentado, e pessoas recorrem a Carlinhos, sendo que o mesmo não tem o hábito de cobrar por suas previsões.

Em entrevista esse ano, Carlinhos comentou que trata suas previsões como um dom, e, como tal, não cobra. O mesmo considera a atitude de prever como uma mensagem divina, que precisa chegar para alguma pessoa.

Prestando um rápido atendimento, o número de telefone utilizado pelo perfil falso na rede foi localizado. Segundo o delegado responsável pelo caso, José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), quem estaria utilizando o número era um detento da Penitenciária de Londrina.

O delegado atenta que, infelizmente, o sistema carcerário ainda atua com falhas na fiscalização, gerando tais situações.

Na internet, fãs e seguidores de Carlinhos, entenderam o ocorrido com o vidente, e o apoiam, entendendo que o mesmo nunca cobraria por seus serviços. Todavia, os que julgam as previsões de Carlinhos como falsas, não deixaram barato, e comentaram: “Como assim, não creio que ele não conseguir prever uma barbaridade dessa?”.

Para todos os casos, acreditando ou não em previsões, o fato serviu para mostrar que estelionato é crime, e que se deve ter cada vez mais cuidado nas redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo