Todos se lembram de um dos grupos humorísticos mais Famosos da TV. ‘Os Trapalhões’ com certeza deixaram sua marca através de um humor simples, mas muito objetivo, capaz de fazer rir até mesmo aquelas pessoas mais duras.

Desde que o grupo se separou e alguns integrantes faleceram, várias polêmicas começaram a surgir envolvendo um dos líderes do grupo, Renato Aragão. Em um vídeo recente postado pelo ‘fã numero 1’ do grupo’ no Youtube, ele afirma que Didi é um mentiroso além de descrever acontecimentos do passado dos ‘Trapalhões’.

Publicidade
Publicidade

Dessa vez, Renato Aragão está lançando um livro em que conta detalhes sobre sua vida pessoal e profissional. Didi como é popularmente conhecido, estreou no cinema com o filme ‘A Pedra do Tesouro’ lançado no ano de 1965. Posteriormente, chegou a lançar mais dois filmes nos anos de 1979 e 1990.

No comando dos ‘Trapalhões’, Renato conseguiu juntamente com o grupo atingir a lista das 10 maiores bilheterias brasileiras, se transformando em um verdadeiro sucesso nacional.

O grupo foi um dos mais influentes da época
O grupo foi um dos mais influentes da época

Somente na televisão, o programa humorístico conseguiu se tornar líder absoluto de audiência.

O quarteto era composto por Dedé Santana, Renato Aragão, Mussum e Zacarias, que se tornaram grandes personagens do humor nacional.

Nova versão sobre a separação do quarteto

Além de contar detalhes sobre sua vida pessoal, o novo livro de Renato Aragão também traz uma versão diferente sobre a separação dos ‘Trapalhões’ que aconteceu em 1983. Em entrevista à ‘Época’, Renato afirmou ter saído do grupo como o ‘vilão’, e agora com lançamento do livro isso parece ter mudado totalmente.

Publicidade

Segundo o humorista, houve um momento em que a situação estava tão difícil que eles não conseguiam nem ao menos olhar para a cara um do outro. Ele afirma que o grupo já estava saturado, desgastado por causa do intenso trabalho, além de outras coisas. Ainda segundo Didi, os colegas chegaram a divergir sobre a divisão do faturamento.

Agora, em entrevista Renato falou sobre algumas diferenças criativas. Ele cita o resultado ruim que o filme de Mussum, Zacarias e Dedé teve nos cinemas.

Agora ele diz que a história na verdade tem vários pontos de vista diferentes, e afirma que viveu cada um desses episódios.

O livro de Renato Aragão não fala sobre polêmicas, mas sobre acontecimentos e realizações que ele teve ao longo de sua carreira. As lembranças de Didi vão ser divididas em capítulos curtos e reflexões sobre sua vida profissional e pessoal.

Leia tudo e assista ao vídeo