O ator Antônio Fagundes é um dos grandes nomes da história da nossa dramaturgia. [VIDEO] Ele já fez inúmeros papéis na telinha e um dos seus últimos trabalhos acabou sendo na fatídica novela 'Velho Chico', conhecida por ter terminado de uma maneira bem trágica, com o protagonista da trama, o ator Domingos Montagner, falecendo afogado. Antonio Fagundes, apesar de ser um dos grandes nomes da Globo, em entrevista à Veja, decidiu detonar a emissora e suas novelas. Ele enfim decidiu falar o que pensa sobre a dramaturgia do canal e acusa a empresa de perder qualidade nos seus enredos, sendo difícil até para um ator hoje conseguir mostrar o seu trabalho.

Antonio Fagundes conta que novelas da Globo perderam qualidade ao longo dos anos e surpreende

O artista conta que as novelas que hoje estão no ar acabaram sofrendo muitas interferências externas e, com isso, foram perdendo a qualidade. O ator lembra que a dramaturgia no Brasil é extremamente rica e que não existe a necessidade de que se copie um padrão do exterior, garantindo que o que a gente faz aqui no Brasil realmente surpreende pelo modo como chega a atingir todos os brasileiros. De uns tempos para cá, a Globo tem esquecido um pouco o folhetim tradicional e investindo em novelas de vingança, todas elas com cenas bastante curtas, o que para o ator seria bastante prejudicial.

Ator da Globo critica novelas do canal e fala do pouco tempo de interpretação para as cenas

Fagundes é um dos poucos atores com contrato vitalício com o canal.

Ele funciona como um verdadeira grife. O fato dele estar em uma produção, por si só, pode ajudar a elevar a audiência de qualquer produto. De acordo com o artista, antes as cenas de novelas eram longas, chegando a durar 15 minutos e o artista tinha tempo para mostrar sua atuação. Hoje a maior parte das sequências, como lembrou o artista, são muito rápidas, tendo entre quinze e trinta segundos. Antonio lembrou que a direção diz que isso agiliza as histórias, quando, na verdade, apenas faz com que tudo fique rápido e não necessariamente bom.

O ator ainda lembra que as séries americanas hoje estão copiando o padrão brasileiro. "Só que o que acontece ali, o que tem de acontecimento… Por que a velocidade não tá no número de cortes, nem na duração da cena, a velocidade tá no que tá acontecendo com os personagens', lembrou ele ao falar sobre o que mudou ao longo do tempo.

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe o seu comentário. Ele é importante.