A apresentadora Fernanda Gentil é um dos nomes mais conhecidos da televisão brasileira. Ela é famosa por ter se aberto ao público e contado o que se passou em sua vida. Ela era casada com um homem, mas decidiu fazer uma mudança em sua vida. Fernanda se apaixonou por outra mulher. Desde setembro de 2016, ela namora outra jornalista, Priscila Montandon. Na época em que assumiu o relacionamento, Gentil tinha dois filhos. O mais velho deles, Lucas, de oito anos de idade, é adotivo e foi o primeiro a descobrir sobre o novo relacionamento de Fernanda.

Publicidade

Fernanda Gentil surpreende ao falar da reação do seu filho ao saber da namorada

A apresentadora Fernanda Gentil usou o programa 'Saia Justa', do canal GNT, para falar a respeito do que estava acontecendo em sua vida e sobre como foi todo o processo de aceitação após assumir o novo relacionamento. A comunicadora revelou que preparou toda uma palestra a respeito do tema e que isso fez com que Lucas não gostasse muito. O garoto respondeu à mãe adotiva com um simples "É só isso?", deixando ela, literalmente, em uma saia justa.

Fernanda Gil choca ao falar sobre o filho e reação com namorada

Fernanda está apresentando temporariamente o programa 'Saia Justa', no GNT após a saída de Taís Araújo, que é casada com o ator Lázaro Ramos. Na edição desta quarta-feira, 6, ela falou sobre a naturalidade com o que filho entendeu o seu namoro com uma mulher. A comunicadora diz que cria o filho para que ele não ligue para as diferenças e sim que se relacione apenas com pessoas. Por isso, ela ensina a Lucas que ele deve ter amigos negros, gays, gordos, bonitos ou feios.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

No entanto, ela teve dificuldade de falar sobre o relacionamento com outra mulher para a criança.

A revelação de Fernanda mexeu com a internet. Foram muitos os comentários a respeito do assunto. "Enquanto ela conta algo que a faz feliz e fala sobre educar o filho, outros comentam aqui um discurso de ódio. A vida é dela e ela apenas está contando sobre a vida dela. É como ler um livro e descobrir que a história é real e que o autor viveu", disse um dos internautas ao falar sobre o tema.

Outro falou sobre como nenhuma religião ensina na prática o ódio, mas que as pessoas acabam distorcendo tudo.

"Não há como dizer se está errado, afinal a vida é do autor. Ser religioso é um bom caminho, ainda mais por acreditar que a religião não deveria ensinar discurso de ódio. Duvido que na Bíblia esteja escrito: persiga e critique as pessoas que defendem sua própria opinião", disse o seguidor da famosa.