Anúncio
Anúncio

Começou, no Estado de Goiás, a entrega de natal de bonecas com órgãos sexuais masculino e feminino, nessa última quarta-feira, (13). O governo passou a distribuir os brinquedos intencionando as festividades de fim de ano, como sempre fez no passado. No entanto, nesse ano de 2017, algo chamou bastante atenção e revoltou muitos pais que se sentem inconformados e constrangidos. O fato é que as bonecas que vêm vestidas com roupas femininas, lacinho na cabeça e batom, têm pênis na região da genitália.

Anúncio

Além disso, os idealizadores do brinquedo também criaram orifícios anais nas bonecas.

“Mamãe, homem não usa batom. O papai não usa batom”, disse a filha de Neliane Macedo, de 30 anos, que recebeu a boneca. A mãe da jovem de 5 anos disse que a sua filha ficou impressionada com o órgão sexual na boneca, e a menina ainda disse que queria tirar a genitália para poder brincar normalmente, ‘retirar o piupiu’, como sempre brincou com bonecas sem órgãos sexuais. “Ela me perguntou se eu podia tirar o piupiu da boneca”, disse a mãe, revoltada com a situação.

Cidadão reclama que não foi avisado dos 'presentes com genitálias'

O marido de Neliane disse que está indignado com a situação.

Ele explica que é cristão, assim como toda a sua família, contudo, não restringe os seus filhos de respeitarem as decisões de vida de outras pessoas (o casal tem mais um filho de 11 anos). Porém, de acordo com o homem, ele achou muito constrangedor e injusto o Estado de Goiás distribuir bonecas com órgãos sexuais sem que antes tenha conversado com a população sobre isso.

Um cidadão postou um vídeo nas redes sociais e contou em detalhes sobre o que a boneca tem. Ele disse que se sentiu constrangido quando percebeu que o brinquedo veio com genitálias masculina e feminina, algo que nunca tinha acontecido.

Anúncio

O homem disse que quando a sua filha ganhou a boneca, ela viu que o brinquedo estava vestido em roupas femininas e com batom, mas quando a sua filha foi tirar a roupa da boneca, percebeu que tinha um ‘piupiu’.

"Tem cabimento?"

“Você vai tirar a roupa da boneca para dar para seu filho, sua filha, brincar. Olha só, tem cabimento um negócio desses?”, disse o cidadão, revoltado com a situação. Ele mora na cidade de Novo Gama, em Goiás. A Prefeitura Municipal foi procurada para prestar esclarecimento sobre o caso, e a assessoria de comunicação do órgão público disse que não iria se pronunciar sobre o assunto, mas que cerca de 12 mil brinquedos foram distribuídos, da mesma forma que nos anos anteriores.

A distribuição de brinquedos faz parte do tradicional “Show de Natal”, que é organizado pela OVG – Organização das Voluntárias de Goiás, que tem a parceria do governo do Estado de Goiás.