Anúncio
Anúncio

Os últimos anos estão sendo de grandes perdas para a TV. Recentemente, o apresentador e jornalista Marcelo Rezende morreu após perder uma dura batalha contra o câncer. Dessa vez foi a Rede Globo que perdeu uma de suas renomadas atrizes, responsável por várias novelas e papéis de destaque na emissora. Eva Todor morreu na manhã desse domingo (10), aos 98 anos de idade. Ela estava afastada das telinhas desde a novela ‘Salve Jorge’, quando iniciou um tratamento contra o Mal de Parkinson, uma doença sem cura que atinge cada vez mais idosos ao redor do mundo.

Anúncio

Em fevereiro, Eva foi internada para tratar de uma pneumonia. Já no mês de setembro, ela deixou o hospital Casa de Saúde São José onde estava internada e foi para casa. Quem cuidava da atriz eram seus enfermeiros, já que ela morava sozinha e não tinha nenhum parente próximo.

Porém, nos últimos dias, seu quadro de saúde acabou se agravando resultando infelizmente em sua morte. A grande atriz, que deixou seu legado na televisão, será cremada. O local e data do velório ainda não foram divulgados. A causa da morte foi uma pneumonia, que acabou se agravando e, devido à idade avançada de Eva, se tornou fatal.

Atriz não era nascida no Brasil

Eva, na verdade, nasceu em Budapeste e foi naturalizada brasileira quando tinha 40 anos. Nas telinhas, ela se destacava pela facilidade de interpretação, sendo o drama e o humor alguns de seus atributos de destaque.

Com cerca de 80 anos de carreira, ela participou de ‘Coração Alado’, ‘Sétimo Sentido’ e ‘O Outro’. Esses foram apenas uma minoria da grande quantidade de trabalhos de destaque que a atriz fez na televisão. Um de seus últimos papéis foi na novela ‘Salve Jorge’, quando seu quadro de saúde se agravou e ela precisou se cuidar.

Anúncio

Carreira de sucesso

Eva nasceu em 9 de novembro do ano de 1919, filha de judeus húngaros que já tinham inclusive ligação com o mundo artístico. Por causa de problemas relacionados à Primeira Guerra, a atriz saiu de seu país de origem e se mudou para o Brasil.

Com cerca de 11 anos ela iniciou sua carreira como bailarina e começa a estudar dança clássica com Maria Olenewa, no Theatro Municipal. A partir de então ela não parou mais, e com cerca de 12 anos já estava fazendo um teste para o ‘Teatro Recreio’.

Após isso, ela se consagrou como atriz e começou a também fazer papéis na televisão, onde ganhou respeito e destaque.

Um de seus primeiros papéis dramáticos foi em 'Cândida', que inclusive foi um dos grandes sucessos da temporada carioca ficando em cartaz por cerca de 4 meses.