A trágica morte de Jonghyun [VIDEO], de 27 anos, principal vocalista da banda sul-coreana SHINee, abalou os fãs de K-pop na última segunda-feira, 18 de dezembro. Horas depois do anúncio da tragédia, uma carta de despedida encontrada no local da morte dá uma visão clara de como o cantor estava se sentindo antes de tirar a própria vida [VIDEO]. A estrela do pop, cujo nome real é Kim Jong-hyun, escreveu uma nota que foi tornada pública na tarde desta terça-feira (19), quando Nine, um músico da banda Dear Cloud, enviou a mensagem para o Instagram.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

"Estou quebrado por dentro", escreveu Jonghyun. "A depressão que me devorava lentamente me consumiu e não conseguiria vencê-la", diz o texto.

Jonghyun deixa bilhete antes de suicídio

Enquanto a nota não especifica o que Jonghyun estava sentindo no exato momento em que resolveu dar fim à própria vida, o texto sugere que a pressão da fama teria se tornado insuportável.

"Talvez eu não devesse enfrentar o mundo; talvez eu não devesse ter sido uma pessoa famosa; aprendi que isso é o que dificulta a minha vida. Como eu escolhi isso?", escreveu ele.

A carta foi tornada pública apenas um dia depois que a polícia sul-coreana informou que momentos antes de encontrar o corpo de Jonghyun, o jovem de 27 anos enviou para sua irmã mais velha uma mensagem de texto preocupante, sugerindo suicídio. "Está muito difícil. Por favor, me ajude. Diga a todos que estou precisando de ajuda. Este é o meu último adeus ", escreveu ele. Graças a essa mensagem, a irmã do cantor acionou a polícia, que foi até o apartamento do astro asiático e o encontrou inconsciente em um hotel em Seul, Coreia do Sul.

Funcionários do hotel confirmaram que, aparentemente, ele se matou com briquetes de carvão acesos dentro de uma frigideira.

A família de Jonghyun decidiu não fazer uma autópsia no astro, em razão das claras evidências de que o caso se trata, de fato, de um suicídio. "Nós decidimos não realizar a autópsia no corpo, pois é certo que o nosso querido Jonghyun tirou sua própria vida", disse um funcionário da polícia de Seul, lendo a nota enviada às autoridades. "Vamos encerrar a investigação logo que terminamos de conversar com a família ".

Prevenção ao suicídio

O Centro de Valorização da Vida (CVV) mantém um grupo de apoio de prevenção ao suicídio com suporte 24 horas, onde os usuários encontram apoio emocional. Toda a conversa é mantida em sigilo absoluto. Acesse www.cvv.org.br para encontrar outras informações.