Kendall Jenner está pensando em comprar uma arma para se proteger, mas a ideia não agrada nem um pouco a irmã mais velha, Kim Kardashian. A modelo, recentemente considerada a mais bem paga do mundo na moda, ficou aterrorizada quando sentiu estranhos rondando sua casa.

Publicidade
Publicidade

Desde esse episódio que a beldade tem procurado por armas, para se sentir um pouco mais segura quando está sozinha.

Ela vem contando com o apoio e ajuda de sua meia-irmã Khloe Kardashian, mas Kim se mostrou intolerante e discorda das duas irmãs. A revelação vai acontecer no próximo episódio de Keeping Up With the Kardashians. Durante uma prévia do reality show, Kendall é vista perguntando a suas irmãs mais velhas, procurando por conselhos, mas Kim Kardashian, de 37 anos, revelou que ela não está "confortável" com a ideia.

Kim Kardashian é conselheira das mais novas
Kim Kardashian é conselheira das mais novas

Khloe se mostrou mais pragmática e nem pôs em causa ela ter ou não essa arma em sua posse. Ela apenas quis saber se sabia atirar. "Você já atirou com uma arma antes?", perguntou Khloe, e Kendall respondeu que sim, que já havia estado em um campo de treinamento com Scott Disick.

Diante dessa resposta, ela disse a Kendall que deveria voltar e experimentar qual arma seria mais confortável para ela, e que, sim, deveria comprar. A conversa estava decorrendo sem grandes hesitações, até que elas foram interrompidas por Kim, que perguntou o que elas estavam fazendo.

Publicidade

Foi Khloe, de 33 anos, que revelou que elas estavam procurando modelos diferentes de armas. "Kendall e eu conversamos mais cedo e ela realmente se sente insegura. Ela diz que tem literalmente um perseguidor diferente fora de sua casa todos os dias. Ela é uma garota solteira que vive sozinha, e já entraram em sua casa. E se ela estivesse lá?", questionou Khloe, compreendendo as razões de Kendall.

Porém, Kim, que tem dois filhos, North e Saint, e está esperando um terceiro através de barriga de aluguel, respondeu: "Bem, é para isso que você tem seguranças." No entanto, Khloe insistiu que uma arma de fogo era uma sugestão razoável, mas Kim discordou em absoluto.

A empresária insistiu com o exemplo mais real que ela poderia dar. Ela contou que, mesmo que ela tivesse uma arma, quando aconteceu o roubo em Paris, ela não poderia ter feito nada.

"Eram três contra um, ou seis, ou sete, eu não sabia quantos eram. Não havia nenhuma maneira de eu sair dali, eu não sou como Lara Croft. Eu não poderia ter me afastado para pegar a arma", explicou Kim, tentando explicar a suas irmãs que isso não é solução.

Kim até insistiu que não se sentiria "confortável" deixando seus filhos ficar com suas irmãs se soubesse que havia uma arma na casa e disse: "Não estou confortável com isso.

Publicidade

Eu não gostaria de meus filhos em torno disso. Não me sinto à vontade com isso".

Kim relembrou que armas em casas com crianças nunca dá bom resultado, que é demasiado perigoso, pois eles não entendem o perigo e, nos Estados Unidos, acontecem vários acidentes entre irmãos e primos pequenos quando alcançam as armas dos adultos. A socialite e empresária foi bem clara, explicando que não quer seus filhos convivendo em locais com armas.

Leia tudo