A cantora Anitta é conhecida pelos fãs como ‘musa do bumbum perfeito’ e não cansa de exibir esta parte do corpo em shows, redes sociais e em outros lugares. Nesta segunda-feira (18), ao lançar o clipe da música Vai Malandra, que já ultrapassou a marca de 1,6 milhão de visualizações em quatro horas no ar, a cantora mostrou ao mundo que sofre de um mal que acomete muitas mulheres em todo o país, a lipodistrofia ginóide.

O que é isso?

Ao ouvir o nome, os fãs da cantora Anitta podem ficar preocupados, achando que a cantora sofre de alguma doença grave.

Publicidade
Publicidade

Calma. Lipodistrofia ginóide é popularmente conhecida em todo o país como celulite e muitas mulheres sofrem com esse problema. Aliás, algumas nem consideram um problema tão grande assim.

A celulite nada mais é do que uma infecção bacteriana do subcutâneo. Alteração é causada pelo acúmulo de água, gordura e toxinas que deixam a pele endurecida e um pouco ondulada. Em resumo, é um problemas mais estético do que qualquer outra coisa.

Alguns fatores são considerados de risco para a mulher adquira a celulite como, por exemplo, má alimentação, sedentarismo, metabolismo lento, alterações hormonais, desidratação, gordura corporal.

Anitta faz sucesso em novo clipe
Anitta faz sucesso em novo clipe

Ao contrário do que muitos pensam, mulheres magras também podem sofrer com a celulite. Ou seja, não são só mulheres mais gordinhas que sofrem com a celulite.

Hoje, existem nos mercados cremes anticelulite que atuam no tratamento do problema. Além deste tratamento, há a opção de massagem modeladora e drenagem linfática para melhorar a aparência do local atingido pela celulite.

Mulher real

Anitta inicia os primeiros 10 segundos de seu clipe exibindo parte do bumbum em que é possível ver as celulites.

Publicidade

Ao fazer isso, a cantora pop de maior sucesso no Brasil na atualidade mostra que é uma mulher real.

Muitas mulheres se espelham em famosas e buscam um corpo que só existe depois de sessões de Photoshop (programa de edição de imagens da Adobe) e não na vida real.

A cantora poderia ter optado por edições no vídeo e evitar que o seu corpo fosse exposto dessa forma, mas ela preferiu não esconder o que muitas mulheres têm. Por conta dessa decisão, Anitta foi bastante elogiada nas redes sociais por mulheres que se viram representadas por ela.

O clipe deve ultrapassar a marca das 100 milhões de visualizações, feito comum para Anitta, e a música “Vai Malandra” pode se tornar um dos hits do final do ano e grande sucesso do verão de 2017-2018.

Leia tudo e assista ao vídeo