Apostando em sabor, trabalhos autorais e muita técnica, Pablo Oazen venceu a temporada 2017 do Masterchef Profissionais da última terça-feira, 05 de dezembro, na Band. Ele disputou a grande final com o experiente Francisco Pinheiro, por quem sempre demonstrou grande respeito e admiração. "O Francisco tem muita experiência e eu, muito respeito pelo trabalho dele", disse o chef, ao falar do concorrente.

Assim como ocorreu nas edições anteriores, a dupla teve que apresentar aos jurados Paola Carosella, Eric Jacquin e Henrique Fogaça um menu composto por entrada, prato principal e sobremesa.

No entanto, ambos tiveram que levar duas versões de cada iguaria, em prazos bastante reduzidos. O tempo enxuto, no entanto, não melindrou a capacidade dos participantes, que recorreram a uma série de técnicas para entregar iguarias saborosas e repletas de texturas. Estes artifícios, porém, deixaram os concorrentes mais vulneráveis e trouxeram um quê a mais de emoção ao reality gastronômico.

Logo no início da disputa, o deslize ficou por conta de Pablo, que não conseguiu executar com precisão o nhoque que iria compor a entrada e apresentou aos jurados uma massa mole e insossa.

O foie gras besuntado na farinha e oferecido os chefs por Francisco também foi alvo de críticas neste primeiro momento. Já o prato principal e a sobremesa de ambos os candidatos foram elogiados igualmente pelos jurados. Contudo, a originalidade e criatividade de Pablo ao levar pratos repletos de conceito e sabor surpreendeu. No prato principal, o destaque foi a truta e, na sobremesa o charme ficou por conta dos dois sorvetes: o primeiro, uma versão moderna do clássico Romeu e Julieta, era composto por um sorvete de polpa de goiaba recheado com goiabada que levava uma sutil camada de chocolate branco.

Já o segundo era um inusitado sorvete de pão acompanhado por uma telha feita com café e leite com café líquido. Nesse momento, Pablo recorreu ao uso do nitrogênio para agilizar o esfriamento do sorvete e acabou sofrendo um acidente que quase lhe custou os dedos.

"Vocês entraram no programa com favoritismo pois tinham tempo e experiência na cozinha. Com o passar do tempo foram crescendo e mostrando o potencial que vocês têm, enaltecendo a gastronomia brasileira a cada programa.

Eu agradeço por estar participando desse momento", afirmou Henrique Fogaça, ao relembrar a trajetória dos jurados. "Julgar cozinheiros não é nada fácil, principalmente quando estes cozinheiros acabaram de nos proporcionar uma experiência emocionante e deliciosa. Sabemos que cozinhar dentro de um estúdio de TV, sem ajudantes e com toda a pressão não é fácil. Vocês apresentaram dois cardápios incríveis e só tenho que parabenizar e agradecer", afirmou a chef Paola Carosella.

O anúncio do vencedor foi feito por um assinante de telefonia celular da TIM e a apresentadora Ana Paula Padrão aproveitou os instantes que precederam o nome do ganhador para explicar que o resultado é composto por várias notas, e que cada prato apresentando é avaliado com notas de 0 a 10 pelos jurados.

Dessa maneira, o vencedor havia angariado 130 e o segundo lugar, 109. "Agora quero pagar as contas, viajar com a família e focar nos meus dois negócios. Já futuramente está entre os planos vir para São Paulo e abrir o meu próprio restaurante", afirmou Pablo. Além dos 200 mil reais em dinheiro, Pablo ganhou o troféu Masterchef Profissionais e o curso na Le Courdon Bleu, na França.

Não perca a nossa página no Facebook!