A cantora Preta Gil acabou sofrendo uma intoxicação alimentar e precisou ser internada às pressas. Nesse sábado (23), ela usou seu perfil oficial no Instagram para informar que estava cancelando um show em Belém do Pará, por causa do problema de saúde.

Ainda segundo informações, Preta está no Hospital Porto Dias, na capital paraense. Diante da notícia, os fãs da cantora usaram as redes sociais para desejar melhoras. No Instagram, a filha de Gilberto Gill informou que estava com intoxicação alimentar e por causa disso não estava em condições de fazer o show.

A cantora inclusive já estava no local onde iria realizar a apresentação quando começou a passar mal e precisou de atendimento médico.

Cantora relembra passado

Sempre polêmica, Preta Gil é conhecida por causa de suas opiniões sinceras e verdadeiras.

A cantora fez um grande alerta a seus fãs durante uma entrevista para o jornal ‘EXTRA’. Preta revelou que no passado era compulsiva, por causa disso foi adquirindo cada vez mais dívidas e seus problemas viraram uma bola de neve. Segundo ela está 100% curada, não compra nada por impulso.

O vício se transformou em problema

O que parecia ser algo benéfico acabou se tornando um grande problema. A cantora ainda disse que na época as pessoas não achavam que aquilo poderia ser alguma doença, elas simplesmente deixavam passar.

Preta vendeu seu apartamento para alimentar seu vício. Segundo ela, comprava três pares de sapatos idênticos pois tinha medo de estragar um deles.

Cantora falou sobre a excitação que o consumismo tende a provocar

Quem está passando por esse problema, acaba não se dando conta do tamanho do problema.

Preta chegou a comprar cerca de 3 bolsas de 20 mil por ano. Segundo ela, seu grande problema era a quantidade. Enquanto algumas pessoas compravam apenas 1 a cada 2 anos, ela perdia o controle e comprava logo 3.

Preta Gil promove bazar beneficente

Parece que a cantora aprendeu com seus erros. Preta doou cerca de 5 mil peças de roupas incluindo sapatos e bolsas de grife para um bazar beneficente. Cerca de 4 mil pessoas serão beneficiadas com as doações que aconteceram todo mês de dezembro. Além de fazer o bem, a cantora que no passado sofreu com o consumo exagerado, agora está se 'desapegando' de bens materiais e estimulando o consumo consciente.

No último domingo (17), ela abriu seu brechó [VIDEO] com peças de grife custando entre R$10 a R$ 300. Dessa forma, além de ajudar as pessoas que não têm condição de comprar aquela bolsa maravilhosa, ela também estimula o voluntariado.