O reality show de sucesso ‘A Grande Família do Alasca’, transmitido pela Discovery Channel desde o ano de 2014, formou uma legião de fãs em todo o mundo. O programa mostra a vida de uma família residente no estado do Alasca, que decidiu seguir um modo de vida primitivo, se estabelecendo em lugares isolados e longe das modernidades e dos centros urbanos.

A família Brown, como são conhecidos, sempre passou por muitas dificuldades na tentativa de consolidar seu estilo de vida e o sonho de criar uma comunidade em uma ilha isolada do Alasca, chama Brown Town (Cidade dos Brown).

Na última temporada, a família se viu diante de um dos períodos mais difíceis de suas vidas, a matriarca Ami Brown foi diagnosticada com um câncer de pulmão em estágio 3, considerado pelos médicos já muito avançado.

O diagnóstico forçou os Browns a se mudarem temporariamente para o estado da Califórnia, onde Ami está recebendo o tratamento contra o câncer. Em um dos episódios da última temporada, a família arruma as malas novamente e parte para a região sudoeste do Colorado, procurando por uma nova propriedade onde poderiam erguer uma nova morada no futuro.

A inevitável decisão colocou em dúvida o futuro do programa na grade de programação da Discovery Channel. Muitos rumores sobre um possível cancelamento da série surgiram, mas, ao que parece, os produtores do programa já tomaram sua decisão. Como a família Brown não vê a possibilidade de voltar a morar no Alasca, o nome do reality será modificado e passará a se chamar ‘A Grande Família do Colorado’.

Apesar de não anunciar oficialmente, já é possível encontrar o novo nome da série no site do canal de TV Discovery Channel. Além disso, o canal está preparando a exibição de um especial de Natal a ser exibido dia 15 de dezembro, seguindo a tradição do ano de 2016 em que a família ainda se encontrava na floresta do Alasca.

Ami Brown e seu tratamento contra o câncer

As últimas noticias a respeito do estado de saúde da matriarca Ami Brown, reportam que ela recentemente iniciou a segunda fase da quimioterapia. Ami havia sido diagnosticada com uma chance de 3% de sobrevivência, a doença foi diagnosticada no mês de julho e desde então a família tem dedicado seu tempo na melhora de Ami e em seu tratamento.

Ainda não há informações sobre a efetividade do tratamento ou melhora no estado de saúde da matriarca, mas em sua rede social, a filha mais nova Rainy Brown, expôs muito otimismo e fé.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo