Depois de mostrar para a mãe de Samuel que ele é gay, Clara não cessará sua vingança em 'O Outro Lado do Paraíso'.

Clara fará com que Suzy sinta o peso da verdade nas costas, por meio de um flagra do marido na cama com o seu amante, Cido. Na cena, o psiquiatra estará usando cílios postiços, calcinha e batom. A loira ficará furiosa e avançará para cima de Samuel ameaçando matá-lo pela traição e por ele estar usando as calcinhas dela.

A loira fará muito barulho no hospital.

Será uma verdadeira decepção para Suzy, pois ela já elogiou a performance de Samuel para as colegas do hospital, depois de ter feito amor com ele.

Cido e Samuel irão apanhar de Suzy com unhadas e tapas. A vingativa Clara vai sorrir de orelha a orelha, pensando que o objetivo dela foi concluído.

As cenas estão previstas para irem ao ar na primeira quinzena de janeiro.

Clara não se fará de rogada após ver que Adnéia apoia e faz de tudo para proteger o filho, e que se aliou ao doutor para que ele pudesse manter seu casamento de fachada e fazer o que gosta por debaixo dos panos. A vilã contará com a ajuda de Renato para mostrar para Suzy o que o médico faz.

Renato vai avisar Clara quando vir Cido visitando Samuel no hospital. Renato verá o motorista de sua sogra entrar no hospital e logo depois Samuel sairá do local.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas O Outro Lado Do Paraíso

Ele vai deduzir que ele está indo se encontrar com Cido, e vai ligar para Clara avisando que chegou o momento de revelar a verdade para Suzy.

Clara falará com Suzy para elas irem até a rua fazer um lanche. Clara levará a enfermeira para a porta do prédio onde fica o apartamento secreto de Samuel, onde a loira dirá que não há restaurante ali. Clara convidará Suzy para subir para o apartamento alegando que tem que falar com uma amiga e que será rápido.

Clara suborna uma recepcionista e consegue a chave do apartamento de Samuel. Ela manda Suzy entrar. Suzy ficará muito surpresa e dirá "Uiiiiii! Tigrão? Tigresa?", antes de avançar para cima de Samuel para bater nele.

A loira baterá em Cido também, após o amado de Samuel pedir que ela não bata nele, e esbravejará que o marido dela é gay, inconformada. Em casa, ela irá arrumar suas malas.

Para Suzy não espalhar a descoberta, Samuel vai oferecer a ela uma gorda pensão e o fim de seus plantões noturnos.

Ela aceitará o acordo momentaneamente, mas, no dia seguinte, Clara vai bagunçar a cabeça dela. Clara vai falar para ela contar para todos o ocorrido, e fala que fez o que fez porque não poderia deixar que ela fosse enganada por toda a vida. Suzy diz que é muito grata a Clara. Pensando nas outras mulheres que Samuel pode enganar, Suzy diz que contará tudo.

No hospital, Samuel chegará e perguntará a Suzy se ela tem plantão noturno no dia ou não, para checar se o acordo está valendo.

A loira vai gritar: "Tigresa, tigrete! Meu marido é gay! Meu marido é gay! Gay, gay! Meu marido é gay!". Ela vai completar dizendo que ele se casou apenas por fachada, mas que ela o pegou usando suas calcinhas com outro homem. Ainda falará que ele usava batom. Ele dirá para ela parar de falar asneiras. Ela vai responder: "Além de tudo, ela é má. Maléfica. É um gay com horror a gay. O tipo mais falso, mais amargo, que pode existir". E contará que ele demitiu o radiologista Mariani por ser gay.

Clara estará em um canto, o que fará com que Samuel saia correndo apavorado para sua sala.

A notícia será espalhada para todos os núcleos da novela e será muito comentada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo