A jornalista Flávia do Valle, viúva do narrador Luciano do Valle, fez um desabafo sobre o processo que abrange a herança que foi deixada pelo marido, que faleceu em 2014.

De acordo com informações do site 'UOL', Flávia disse em entrevista ao programa 'Superpop', da RedeTV!, que a lentidão por parte da Justiça ainda não possibilitou que o inventário para que os bens do locutor esportivo sejam colocados à venda seja concluído.

Casada com Luciano do Valle em acordo de comunhão de bens, ela garantiu que não houve problemas em relação à divisão de bens, já que o narrador teve outras três filhas de uma relação anterior.

Em contrapartida, Flávia reclamou das complicações que está tendo por causa da lentidão do processo.

Flávia declarou que não está conseguindo pagar as contas. Por conta das dificuldades financeiras, a jornalista colocou seu filho em uma escola pública e hoje está morando com a sua mãe.

Apesar desses problemas, ela tem recebido ajuda da Rede Bandeirantes, emissora onde Luciano do Valle trabalhava antes de falecer. Segundo ela, o canal manteve a palavra e a relação entre sua família e a Band é de amizade, carinho e respeito.

Luciano do Valle morreu aos 66 anos, em 19 de abril de 2014, em Uberlândia, onde iria narrar a partida entre Atlético Mineiro x Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano. A causa da morte foi um infarto agudo do miocárdio.

Carreira

Luciano do Valle começou a carreira quando ainda tinha 16 anos. Em seu primeiro trabalho, ele atuava como locutor na Rádio Educadora de Campinas (hoje Rádio Bandeirantes). Depois, ele esteve na Rádio Brasil, também em Campinas, e após quatro anos mudou-se para São Paulo, onde trabalhou nas rádios Gazeta e Nacional, onde trabalhou na cobertura do tricampeonato da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1970.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Futebol

Após o Mundial daquele ano, ele foi contratado pela Rede Globo, onde trabalhou nas coberturas dos Jogos Olímpicos de 1972 a 1980 e das Copas do Mundo de 1974 a 1982, além de ter narrado várias corridas de Fórmula 1, incluindo o segundo título de Emerson Fittipaldi, em 1974. Em boa parte deste período, Luciano do Valle foi o principal narrador esportivo da emissora carioca.

Em 1983, o locutor se transferiu para a Rede Bandeirantes, onde promoveu vários esportes que até então tinham pouco espaço na televisão brasileira, como o basquete, vôlei, boxe, Futebol americano e até sinuca.

Na emissora do Morumbi, ele participou das coberturas de todas as Copas do Mundo entre 1986 e 2010 (exceto 2002).

Por conta de mudanças na programação da Band, Luciano do Valle voltou para a Record em 2003, onde ficou até 2005. Em janeiro de 2006, ele voltou para a Band, onde passou os seus últimos anos de carreira.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo